Jornal do Brasil

Terça-feira, 27 de Junho de 2017

Juventude de Fé

Nos passos da XXXII Jornada Mundial da Juventude

Walmyr Junior*

O Papa Francisco convoca a todas as juventudes para refletir sobre as experiências cotidianas de suas respectivas vidas a partir do exemplo e testemunho de Maria, mãe de Jesus. Em razão do ano mariano, somos chamados a contemplar a Nossa Senhora a partir do seu sim,e da sua dedicação na construção do reino. Com o tema “O Todo-poderoso fez em Mim maravilhas" retirado do Evangelho de São Lucas 1, 49, jovens do mundo inteiro fazem suas reflexões nas Jornadas Diocesanas de Juventude (JDJ).

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) é a experiência do ‘encontro’, onde jovens do mundo inteiro se reúnem em torno da mesa do pão, da vida comunitária e da experiência missionária no local de acolhida da peregrinação. As jornadas Diocesanas já nos impelem a agir em função da realidade local das juventudes, fazendo do território diocesano um lugar comum das experiências da fé. Outro ponto interessante a ser ressaltado nas JDJ, está na renovação dos sonhos juvenis, sonhos esses de solidariedade, de defesa da vida, de cuidado com a natureza, de compromisso com os pobres.

As jornadas (JMJ e JDJ) não deve se resumir a um passeio turístico, mas sim, um encontro que nos leve a um encontro com o outro, com a sociedade, com o planeta terra que carinhosamente o Papa Francisco chama de casa comum.

As juventudes são muito diversificadas, em cada um e cada uma é possível ver, com a sensibilidade da fé, ver a face de Deus.  É próprio da juventude aglutinar em si a enorme ansiedade de levantar questões relacionadas a defesa vida, a sociedade e seus problemas socioambientais, das mazelas do mundo, da miséria, do preconceito, das dores que outros jovens sofrem por falta de direitos básicos de sobrevivência, da violência sentida nos espaços mais periféricos.

Compreender juventudes, é ser sujeito desse encontro com o jovem, é contrapor a cultura do consumismo e do entretenimento, que são valores materiais e superficiais que são nocivos para vivencia plena do ser jovem.

A jornada Diocesana da Juventude na Cidade do Rio de janeiro vai acontecer nesse próximo sábado (08/04) às 14h na Catedral de São Sebastião. O Cardeal e Arcebispo da Arquidiocese do Rio, Dom Orani Tempesta, sairá com os jovens em procissão no encerramento do evento, em direção a Igreja da Candelária, concluindo a Jornada Diocesana com a celebração Eucarística.  

* Walmyr Junior é morador de Marcílio Dias, no conjunto de favelas da Maré, é professor, membro do MNU e do Coletivo Enegrecer. Atua como Conselheiro Nacional de Juventude (Conjuve). Integra a Pastoral Universitária da PUC-Rio. Representou a sociedade civil no encontro com o Papa Francisco no Theatro Municipal, durante a JMJ

Tags: Sociedade, coluna, juventude, papa, religião, walmyr junior

Compartilhe: