Jornal do Brasil

Quarta-feira, 25 de Abril de 2018 Fundado em 1891
Juventude de Fé

Colunistas - Juventude de Fé

A voz das juventudes nas eleições

Jornal do Brasil Walmyr Junior *

Segundo o Estatuto da Juventude, a parcela jovem do Brasil se encontra na faixa etária dos 15 aos 29 anos de idade. Já as organizações trabalhistas como a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT) classificam a juventude até a faixa dos 35 anos. 

Para falar um pouco sobre algumas especificidades da população jovem brasileira, convidamos João Junior do Partido Socialista Brasileiro (PSB). Militante do movimento LGBT, nosso convidado é mestre em antropologia e sociologia pelo IFCS/UFRJ, foi um dos coordenadores da Campanha Nacional pelo Casamento Civil Igualitário no Brasil. Uma das campanhas sociais mais bem sucedidas do país! 

João é também criador da campanha nacional #NossaFamiliaExiste contra o projeto "Estatuto da Família". Foi assessor do único parlamentar gay assumido do país (Jean Wyllys). Trabalhando no parlamento pode ajudar, em equipe, a construir um Brasil mais justo e igualitário para todos e todas. 

João Junior

Juventude e Direitos humanos

A "juventude" e a "infância" não são definições universais para seres humanos de 0 a 25 anos. Poder usufruir o que chamamos de "juventude" é um direito que muitos adquiriram ou ganharam, mas que para muitos outros "jovens" é um sonho distante.

Para que uma pessoa possa usufruir dessa condição ela acaba tendo que ter as garantias materiais e legais mínimas para tal. Caso contrário, o imperativo da existência cairá sobre sua cabeça de forma dura e urgente. Manter a vida, pagar as contas. Sobreviver! Se a juventude é um direito a ser universalizado cabe a todos nós que acreditamos nisso lutar por sua efetivação. A cidade tem muito o que fazer sobre isso. 

Juventude e Educação

Se tomarmos como parâmetro a educação municipal, percebemos que a maioria dos cariocas passa uma grande parte de sua "infância" e "adolescência" em escolas municipais. Serão nessas escolas que assumirão seus sonhos e conquistarão ou os terão enterrados e apagados pela dureza da vida. Os códigos sociais, culturais e científicos que permitirão que os sujeitos atinjam ou não seus objetivos são ensinados em boa parte no universo escolar. Quero ajudar a concretizar a primeira opção. 

Juventude e segurança 

Os homens jovens, sobretudo os negros, são as principais vítimas dos homicídios do país. A insegurança pública é seletiva. Ela varia de acordo com suas "marcas sociais da diferença" (cor, orientação sexual, classe, identidade de gênero etc.).  A violência urbana se transformou em um instrumento de controle social, usada para manter os mais pobres constantemente aterrorizados. Exterminar tantos jovens negros e LGBTs diariamente é uma forma monstruosa de impedir que essas pessoas ocupem os mesmo espaços de conquistas e realizações que o restante da sociedade.                         

* Walmyr Júnior é morador de Marcílio Dias, no conjunto de favelas da Maré, é professor, membro do MNU e do Coletivo Enegrecer. Atua como Conselheiro Nacional de Juventude (Conjuve). Integra a Pastoral Universitária da PUC-Rio. Representou a sociedade civil no encontro com o Papa Francisco no Theatro Municipal, durante a JMJ.



Tags: Artigo, Fã, juventude, júnior, texto, walmyr

Compartilhe: