Jornal do Brasil

Sexta-feira, 18 de Abril de 2014

Juventude de Fé

Rio de Fé, um encontro com Papa Francisco

Walmyr Junior*

O lançamento oficial do documentário do “Rio de Fé, um encontro com Papa Francisco”, foi nesta ultima quinta feira na livraria travessa. O documentário dirigido por Carlos Diegues durante a Jornada Mundial da Juventude, realizada no Rio de Janeiro entre os dias 23 e 28 de julho de 2013 que reuniu cerca de 3,7 milhões de jovens de todo o mundo, tem nesses registros um reflexo perfeito do maior evento com a expressão das juventudes do mundo inteiro.

Essa foi à primeira viagem ao exterior que o Papa Francisco fez. Segundo o site www.riodefe.com.br  “o filme mostra-se a cultura do encontro pregada pelo Papa Francisco, através de cinco olhares: o da Igreja, do peregrino, da cidade, da favela e o da tolerância religiosa. A JMJ foi um evento inesquecível para todos – católicos ou não, um encontro que mostra esse grande abraço místico e humano, peregrino e missionário, cristão e universal.”

 Na pré-estreia do longa na PUC-Rio, pude ver a beleza que é essa cultura do encontro registrada na telinha. O negro e o branco de mãos dadas, o pobre e o rico que abre a sua porta e seu coração para acolher o peregrino, o judeu, o mulçumano, a umbanda e o candomblé, com o mesmo intuito de amar sem medida. A cultura da paz difundida de forma nunca vista em terras brasileiras, que nas palavras de Cacá Diegues, se tornam “o toque sensível do humano que somos”.

 Ao longo de quase uma hora e meia de filme, é possível conhecer alguns personagens com características totalmente diferentes, cada qual com seu jeito, sua cultura, mas com o mesmo desejo de viver e transformar o mundo em que vivemos na ‘civilização do amor’.  A Jovem Priscila, moradora da Maré, voluntária da JMJ, esteve perto do Papa durante os dias da Jornada. Eu, que também moro na comunidade, após um trabalho junto à Pastoral da Juventude senti e ainda sinto minhas esperanças renovadas e, durante a Jornada, conheci o Papa!! Albert, um peregrino argentino que caminhou desde o seu país rezando pela chegada do coração para uma criança que precisava de transplante. Acompanhamos a trajetória de Fábio Mateus, outro peregrino que demorou mais de quatro meses em peregrinação do Ceará ao Rio, culminando com uma emocionante chegada na Catedral do Rio de Janeiro. Riad Ribeiro, jogador de vôlei, que reformou a sua própria casa para acomodar peregrinos de diferentes lugares.

 “Rio de Fé” traz isso, a cultura do encontro, encontro que vai gerar também um rico debate a respeito da tolerância religiosa. Vendo o Grande amigo Babalawo Ivanir dos Santos indo ao encontro do Papa Francisco no Teatro municipal, protagonizando a abertura de uma luta de paz e respeito pelas religiões de Matrizes Africanas no Brasil, nos possibilita ver que a crença é individual, mas que o encontro e o diálogo são necessários para o mundo viver em paz. Muçulmanos, católicos e judeus se encontraram em um único evento promovido pela Juventude Inter-religiosa do Rio de Janeiro (JIRJ) e juntos levantaram temas a respeito da fé do ser humano.

As ricas palavras do membro da Opus Dei João Carlos, do Leonardo Boff, dentre outras falas, mostram um amplo leque de pontos de vista, mas que geram uma unidade pela busca da paz e da harmonia. Fica aqui meu muito obrigado por toda a produção pela oportunidade de fazer parte deste maravilhoso trabalho e minha dica para que procurem o “Rio de Fé, um encontro com Papa Francisco”, já traduzido em sete idiomas, nas lojas mais pertinho de você.

Mais informações em http://www.riodefe.com.br

* Walmyr Júnior é graduado em História pela PUC-RJ e representou a sociedade civil em encontro com o Papa Francisco no Theatro Municipal, durante a JMJ. 

Tags: amplo, de pontos, de vista, leque, mostram, um

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.