Jornal do Brasil

Quinta-feira, 31 de Julho de 2014

Rio - JMJ 2013

Começa a celebração da Via-Sacra em Copacabana

Jornal do Brasil

Com breves palavras, o papa Francisco deu início à celebração da Via-Sacra, na Praia de Copacabana, mais um evento da Jornada Mundial da Juventude. Jovens vestidos de branco carregaram a Cruz Peregrina. Oficiais da Marinha em traje de gala acompanharam o símbolo da JMJ. Coroinhas incensaram o trajeto da Via-Sacra

Até chegar ao altar para a celebração, o pontífice saudou milhares de fiéis ao longo da Avenida Atlântica, desde que desceu de um helicóptero no Forte de Copacabana.

As calçadas ao longo do trajeto estavam tomadas por fiéis. O papa beijou dezenas de crianças e saltou do papamóvel para benzer uma imagem de São Francisco.

Papa Francisco saudou a multidão que se espremia nas calçadas da orla de Copacabana
Papa Francisco saudou a multidão que se espremia nas calçadas da orla de Copacabana

Os peregrinos da JMJ Rio2013 chegaram cedo à Praia de Copacabana. O clima entre eles é de muita festa e as diversas bandeiras, de vários países, fazem parte do cenário, como já virou praxe nesta JMJ.

A Via Sacra, ou Via Crucis, simboliza o caminho percorrido por Jesus Cristo até ser sacrificado na cruz. A expectativa é que mais pessoas participem deste ato, já que a chuva deu uma trégua. Na última quinta-feira (25), cerca de 1,5 milhão de pessoas lotaram as areais da Praia de Copacabana.

O Cristo Redentor recebeu iluminação especial durante o trajeto do papa
O Cristo Redentor recebeu iluminação especial durante o trajeto do papa

A professora Jennifer da Rocha, moradora de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, está desde as 14h à espera da chegada do papa Francisco  nas areias de Copacabana. “É um momento único, de muita emoção. Uma Via Sacra com a presença de um papa é um sentimento muito forte difícil traduzir em palavras”, diz a jovem católica de 22 anos.

Para o peregrino equatoriano Cristian Hurtado, 32 anos, o momento é “inexplicável”: “Única coisa que dá para dizer é que estou muito alegre espiritualmente, um sentimento que vem do fundo do coração”.

Já a peregrina da Argentina Yamila Funes, 20 anos, ressalta a integração entre os povos neste momento de expectativa para a Via Sacra. “O que me chama mais atenção é esse clima amistoso entre todos, de diferentes países e culturas. É tudo que uma Via Sacra precisa”, afirma a jovem fiel.

Tags: jornada, juventde, Mundial, papa, vinda

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.