Jornal do Brasil

Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

JB Premium

Profissão: astronauta

Evento comemora primeiro voo tripulado e pretende difundir a astronomia nas escolas

Jornal do BrasilAnnaclara Velasco

Quando criança, você certamente foi perguntado sobre o que queria ser quando crescesse? E qual foi a sua resposta? “Eu quero ser um astronauta”? Se  não foi a sua, foi a  alguns (ou muitos) coleguinhas de turma, que sonhavam conhecer o espaço e dar uma voltinha na lua. 

Mas, apesar da simpatia das crianças pela exploração do firmamento, poucas delas seguem esse sonho. Aliás, dos 190 milhões de brasileiros, apenas um levou o desejo a sério e viajou para o espaço: o astronauta Marcos Pontes. Para mudar essa realidade e despertar  ainda mais a curiosidade para essa ciência, acontecerá, de hoje até sexta-feira, no Teatro Trianon, em Campos dos Goytacazes, o 4° Encontro Internacional de Astronomia e Astronáutica.

O evento, gratuito e organizado pelo professor Marcelo de Oliveira Souza, diretor do Clube de Astronomia Louis Curls, vai contar com  alguns dos mais importantes profissionais da área. Além de Marcos Pontes, estarão presentes os cosmonautas russos Oleg Kotov e Pavel Vinogradov e o americano Charles Duke, um dos astronautas que estiveram na Lua. 

Sem gravidade –  A sombra de Neil Armstrong no primeiro pouso na Lua, em julho de 1969
Sem gravidade – A sombra de Neil Armstrong no primeiro pouso na Lua, em julho de 1969

– Sempre fui apaixonado por astrologia, mas eu não esperava poder dividir este momentos com essas pessoas tão importantes. Além de ser uma honra, podemos considerar esse evento como um grande incentivo para o início de um grande desenvolvimento nesta área no Brasil – afirmou Marcelo, que também é o coordenador no país dos Programas Internacionais de Ensino e Popularização da Astronomia e Astronáutica.

Para Avelino Ferreira, presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima, que apoia o evento, a astronomia deve ser popularizada nas escolas brasileiras, pois é uma boa forma de despertar a atenção de crianças para para assuntos como matemática e física.

– Um quadro negro cheio de números não atrai a atenção. Mas, quando aplicamos essas teorias a uma ciência tão atrativa quanto a astronomia, podemos obter resultados mais concretos – comentou.  

Data histórica

Em 2011, serão comemorados 50 anos do primeiro voo espacial tripulado, realizado pelo russo Yuri Gagarin. Desde então, o dia 12 de abril passou a ser celebrado na Rússia como o Dia da Cosmonáutica e do Cosmonauta. 

O Brasil também tem motivos para comemorar, afinal a data também marca os cinco anos do primeiro voo de um astronauta brasileiro  ao espaço. Pontes, que sempre gostou do céu, antes de ser selecionado pela Agência Espacial Brasileira, em 1998, era piloto militar da Força Aérea. Em 2006, fez sua primeira viagem ao espaço, para realizar experimentos nacionais em microgravidade. Hoje, aguarda ansiosamente sua próxima missão no espaço.

– Foi uma experiência que mudou minha vida. A gente mexe muito com a parte técnica e acaba esquecendo da esfera humana da profissão. Depois de ir ao espaço, a gente começa a se sentir mais pessoa. Afinal, o objetivo de um astronauta é esse: transformar a Terra em um lugar com pessoas unidas. 

Desde então, Pontes se sente na obrigação de inspirar jovens e divulgar cada vez mais essa ciência pelo Brasil.

– Temos que fazê-los olharem mais para o céu e esse encontros como o de Campos são ótimos para isso. Eu comecei a gostar de astronomia assistindo ao desenho Cosmos, que era super divertido. Hoje, precisamos dessa descontração para mostrar que o céu é divertido. Para isso, o apoio da imprensa é fundamental – concluiu o astronauta.

Cosmonauta ou astronauta?

O termo cosmonauta foi inventado pelos russos, responsáveis por alguns pioneirismos no espaço, como o começo da Era Espacial, com o lançamento satélite Sputnik, em 1957. Mais tarde, em 1961, o russo Yuri Gagarin foi o primeiro homem a conhecer o espaço. 

Mas, na Guerra Fria, os Estados Unidos não queriam usar o termo inventado pela Rússia, e denominaram a profissão de Astronauta. Eles também foram responsáveis por feitos históricos, como a primeira visita à Lua, em 1969, com a nave Apollo 11.

Tags: annaclara velasco, astronauta, ASTRONOMIA

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.