Jornal do Brasil

Quinta-feira, 2 de Outubro de 2014

Esportes - JB na Copa

Messi trocaria prêmio por título e afirma: "foi amargo"

Portal Terra

O argentino Lionel Messi viu na Copa do Mundo de 2014 a chance de coroar a vitoriosa carreira, que já tem todos os títulos possíveis no Barcelona, além de quatro prêmios de melhor jogador do mundo da Fifa. O sonho do meia atacante, que nunca esteve tão perto como na decisão contra a Alemanha, neste domingo, no Estádio do Maracanã, ficou no quase com a derrota por 1 a 0 na prorrogação. 

O camisa 10 teve uma atuação boa na primeira etapa, porém desperdiçou uma grande chance no início do segundo tempo, após receber passe de Biglia e chutar rente à trave de Neuer. Depois disso, o meia argentino não teve mais grandes oportunidades na partida, nem apareceu com perigo na cara do arqueiro alemão. 

O adeus triste da Argentina na Copa do Mundo foi representado exatamente por uma cobrança de falta chutada por ele, perto da arquibancada. "Foi amargo, eu e Pipita (apelido de Higuaín) perdemos boas chances de fazer o gol". Para o argentino, não foi pontaria que faltou para o seu time na noite deste domingo. "Merecíamos algo a mais, mas infelizmente faltou sorte". 

Apesar de ter ficado com o vice-campeonato, Lionel Messi acabou eleito como melhor jogador da Copa do Mundo. Visivelmente abatido, o jogador subiu no palco sem a mínima vontade de receber a premiação. Para os jornalistas, ele confirmou que isso não o deixou satisfeito. "Não queria prêmio pessoal, queria a conquista do título". 

Com a derrota para os alemães no Maracanã, os argentinos aumentam o jejum sem títulos e Messi segue atrás de Diego Maradona em termos de desempenho pela seleção. O último título dos sul-americanos foi em 1986, exatamente com o ex-camisa 10 no comando da equipe no México. 

Tags: Argentina, Copa, Messi, Mundo, seleção

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.