Jornal do Brasil

Quarta-feira, 3 de Setembro de 2014

Esportes - JB na Copa

Recordista de público em Copas, Maracanã recebe mais de 74 mil torcedores

Agência Brasil

Sessenta e quatro anos depois de receber o maior público de uma Copa do Mundo, o Estádio do Maracanã, conhecido como Templo do Futebol, vai marcar seu nome na história do torneio mais uma vez. Em 1950, na final em que o Brasil foi derrotado pelo Uruguai por 2 a 1, os números oficiais da Fifa registram que 173.850 espectadores estavam presentes no palco que injustiçou o goleiro brasileiro Barbosa. Hoje, Alemanha e Argentina disputarão uma partida de alto nível com 74.738 torcedores, capacidade máxima atual do Maracanã.

Os dados oficiais, que consideram apenas as compras feitas diretamente com a Fifa, indicam que foram vendidos 4.066 ingressos para residentes da Alemanha e 4.461 para argentinos. Os brasileiros compraram 12.898 ingressos. Nos últimos dias, no entanto, vários argentinos, que “invadiram” o Rio de Janeiro, e alemães buscavam ingressos nas proximidades do Maracanã e em locais de grande movimento, como shoppings.

Além dos torcedores, cerca de 1.582 espectadores VIPs estarão em camarotes e tribunas de honra, além de 2.500 jornalistas trabalhando na cobertura da grande final. A Fifa confirmou hoje a presença de dez chefes de Estado para a partida. Antes, em cerimônia fechada, com a presença do presidente da entidade, Joseph Blatter, a presidenta Dilma transmitirá, simbolicamente, a responsabilidade da realização da próxima Copa para o presidente russo Vladimir Putin, que sediará o torneio em 2018.

O 64º jogo desta Copa, fará com que o Maracanã coroe, com chave de ouro, a competição, podendo ser palco, inclusive, de mais um recorde: maior número de gols. Se as redes balançarem ao menos duas vezes hoje, a Copa do Mundo do Brasil - que até agora soma 170 gols, vai superar o mundial da França de 1998 que teve 171 gols.

Em público, os 12 estádios brasileiros alcançarão hoje a marca de 3.429.873 torcedores recebidos, colocando a Copa no Brasil em segundo lugar entre todas, atrás apenas do torneio realizado em 1994 nos Estados Unidos, que, com estádios maiores, recebeu 3.587.538 em 52 jogos, média de 69 mil torcedores por jogo, maior do que a capacidade de dez dos 12 estádios brasileiros. No Brasil, a média até agora está pouco acima de 53 mil espectadores, o que representa 98,4% da capacidade total.

Durante a Copa, outros recordes foram quebrados: a Alemanha tomou, com muita competência, o posto do Brasil como seleção com mais gols em copas, com 223 até agora, contra 221 da seleção brasileira. Além disso, o atacante alemão Klose fez seu 16º gol em Copas, contra o Brasil, superando Rolnaldo, e se tornando o maior goleador de todas as copas. Pra fechar sua participação com chave de ouro, a Alemanha ainda pode se tornar a primeira seleção europeia a vencer uma Copa nas Américas. Esse feito, no entanto, o goleiro Sergio Romero, e os argentinos Messi e Mascherano - o último chamado por Schweinsteiger como o "líder da matilha de lobos" da Argentina - tentarão evitar.

Tags: ALEMANHA, Argentina, copa do mundo, final, maracanã, Rio, RJ

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.