Jornal do Brasil

Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Esportes - JB na Copa

Em Brasília e São Paulo, alemães e brasileiros celebram conquista da taça

Agência Brasil

Em várias partes do país, brasileiros se uniram aos alemães para comemorar o título de campeão da Copa do Mundo, conquistado hoje (13) pela seleção da Alemanha, que bateu a Argentina no Maracanã. Aos gritos de “É tetracampeã” e “Fora Messi”, cerca de 15 mil torcedores que acompanharam a final pelos telões instalados na Fifa Fan Fest, em Taguatinga, a 20 quilômetros do centro da capital federal, celebraram o tetracampeonato da seleção alemã, conforme a organização do evento. Desde o começo do Mundial, no dia 12 de junho, mais de 350 mil pessoas passaram pelo local.

Depois de sofrer por 120 minutos, o comerciante Maximiliano Haedo, 34 anos, de Buenos Aires, não conseguia esconder a tristeza enrolado em uma bandeira azul e branca. “O sonho acabou. Estou muito triste. Foi muito sofrido”, disse ele, que logo após a partida foi embora com dois amigos. Eles vieram assistir ao jogo entre Brasil e Holanda no Estádio Nacional de Brasília, o Mané Garrincha, mas, como não conseguiram ingressos para a final, resolveram ficar na capital federal.

Vestido com uma camisa da seleção alemã, o motorista Silvio Rodrigues, 45 anos, disse que a Alemanha apresentou o melhor futebol e merecia ganhar. “O time teve organização em campo desde o início do Mundial. Deu gosto de ver o time jogar. As duas seleções jogaram bem, foram dignas de uma final”.

A professora de ensino fundamental Lucélia Ester Berto, 35 anos, veio com parentes e amigos torcer pela Alemanha. “Não queria que a Argentina ganhasse no Maracanã. Foi um jogo emocionante e um placar justo.”

Já a analista de sistemas Elisângela Kanacilo, 36 anos, estava torcendo pela Argentina por causa do namorado Matias Sernagoras, 37. O comerciante da cidade de San Bernardo, na província de Buenos Aires, continuou gritando “somos campeões” mesmo após a derrota. “Foi um grande jogo. Temos que continuar apoiando nossos jogadores sempre”, disse.

A banda paraense Calypso se apresenta neste momento. Em seguida, o DJ Lúcio Balla assume as picapes e encerra os 25 dias de festa na Fifa Fan Fest.

Já na Fifa Fan Fest, em São Paulo, se a maioria das camisas eram argentinas, quem fez a festa ao final do jogo foram os poucos alemães presentes ao local. O título da Copa do Mundo, o quarto conquistado pela Alemanha, foi muito celebrado, principalmente pelos brasileiros, que se divertem neste momento com um show da banda Capital Inicial.

A torcida que encheu o local refletiu muito a tensão do jogo. Os argentinos vibraram antes do início da partida, mas durante o jogo o silêncio se fez presente a maior parte do tempo. A exceção foi o gol anulado de Higuaín ainda no primeiro tempo. Quando o gol foi anulado pelo juiz, que marcou um impedimento do jogador, foi a vez dos brasileiros responderem comemorando a marcação. Depois disso, a grande comemoração na Fan Fest veio mesmo com o gol do alemão Götze, no segundo tempo da prorrogação.

As torcedoras alemãs Margit Schwarz e Bettina Arnswald não esconderam a alegria. No meio de vários torcedores argentinos, elas levaram a mão para o alto e pularam para celebrar o gol, que deu o título para a Alemanha. “Estou muito feliz”, disse Bettina. “A Argentina é muito boa e foi difícil, mas tivemos muita sorte”, acrescentou. Logo após o gol, Margit juntou as mãos e pareceu rezar pelo fim do jogo. “Nós somos os melhores. Somos os campeões”, gritou ao final do jogo.

O paulista Clayton Tavares também comemorou o resultado. “Estava torcendo para a Alemanha, sem dúvida. Sou rival da Argentina sempre, em qualquer modalidade. Isso não abate a tristeza pela nossa seleção, mas pelo menos não deixa eles [argentinos] fazerem a festa no nosso país”.

Enquanto alemães e brasileiros celebravam o resultado, os argentinos permaneciam em silêncio. Reinaldo Mendioza era um deles. “A vitória foi alemã. Não pudemos ganhar”, disse. “Não há explicação [para o que estou sentindo]. Tivemos uma falha na defesa e eles jogaram melhor”. Para o amigo dele, o também argentino Celso Rocha, a Argentina jogou bem hoje, mas “a Alemanha mereceu ganhar a Copa do Mundo”, disse, acrescentando estar triste pela derrota.

Tags: ALEMANHA, Argentina, copa do mundo, final, Torcida

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.