Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

Esportes - JB na Copa

Neymar rebate xingamentos a Felipão e briga com agente

Portal Terra

O atacante Neymar respondeu sobre as duras críticas feitas pelo seu agente Wagner Ribeiro a respeito do trabalho do técnico Luiz Felipe Scolari na Seleção Brasileira. Por meio de sua conta no Twitter, o empresário do camisa 10 da Seleção Brasileira e de outros grandes nomes do futebol nacional simplesmente detonou o treinador canarinho. Irônico, ele listou “seis quesitos para ser técnico da Seleção Brasileira” e não aliviou ao lembrar dos recentes fracassos de Felipão.

“Seis quesitos para ser técnico da Seleção Brasileira: 1- Ir treinar a seleção de Portugal e não ganhar nada. 2 – Ir para o Chelsea e ser mandado embora. 3 – Ir treinar o Uzbequistão. 4 –Voltar ao Brasil e pegar um time grande e rebaixá-lo para a segunda divisão. 5 – Pedir demissão 56 dias antes do final do campeonato para ‘escapar’ do rebaixamento. 6 – Ser velho babaca, arrogante, asqueroso, prepotente e ridículo", postou.

Indagado sobre o tema, Neymar entrou em conflito com Wagner Ribeiro, disse que o agente não fala por ele e que vai xingá-lo se encontrá-lo. "Só duas pessoas respondem por mim: eu e meu pai. Só nós podemos falar alguma coisa, e vamos explicar a vocês se falarmos. Mas o que sai da boca dele (Wagner Ribeiro) é ele que vai ter de explicar. Com essa atitude eu não concordo, não aceito. Se eu encontrar com ele, vou xingá-lo. Não aceito, mesmo".

O atacante ainda defendeu a permanência do técnico Felipão no comando da Seleção Brasileira. "Nós brasileiros, principalmente a imprensa, temos uma mania um pouco errada de quando se perde tem que mudar o jogador, o treinador. O futebol eu acredito que não é assim. Sempre convivi com isso, a gente aprende na derrota. Não estou falando que não tem que mudar nada. O problema é a mania dos brasileiros que tem que mudar algo. A gente vai corrigir treinando e trabalhando, mais importante do que você pensar em mudar alguma coisa".

Wagner Ribeiro é um dos empresários mais famosos do futebol brasileiro. Ele agencia a carreira de Neymar e foi visto no estádio em quase todos os jogos da Seleção Brasileira. Além disto, Ribeiro toma conta do futuro de Lucas, do Paris Saint-Germain, e já trabalhou com Robinho e Kaká. Os três não foram convocados por Felipão.

Tags: Copa, Críticas, felipe, Mundo, Trabalho

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.