Jornal do Brasil

Quarta-feira, 27 de Agosto de 2014

Esportes - JB na Copa

Neymar chora ao lembrar de lesão: "poderia estar em cadeira de rodas"

Portal Terra

Neymar foi às lágrimas nesta quinta-feira, durante entrevista concedida na Granja Comary, em Teresópolis, ao comentar sobre a lesão que o tirou da reta final da Copa do Mundo. O jogador foi acertado pelo colombiano Camilo Zuñiga nas costas no final da vitória do Brasil por 2 a 1, nas quartas de final, e lesionou uma das vértebras. O lance poderia ter causado consequências muito mais graves, o que emocionou o atacante.

"Foi um lance que, se fosse dois centímetros para o lado, eu estaria em uma cadeira de rodas", disse o jogador, sem conseguir segurar as lágrimas. "Para quem sabe futebol, que conhece, entende que, quando você quer parar um contra-ataque, você empurra, segura, chuta o tornozelo. Do jeito que aconteceu, não é normal", apontou o jogador.

O lance ocorreu no final da partida, quando a Colômbia pressionava o Brasil pelo empate. Neymar ficou com a sobra após cobrança de escanteio e, ao dominar a bola, levou uma joelhada nas costas dada por Zuñiga. O atacante teve de ser substituído e foi imediatamente encaminhado a um hospital em Belo Horizonte, onde foi confirmada a fratura em uma das vértebras. 

Neymar chora ao lembrar da lesão que o tirou da semifinal da Copa
Neymar chora ao lembrar da lesão que o tirou da semifinal da Copa

Sem condição de jogo e com uma das vértebras fraturadas, Neymar vai encerrar a Copa junto da Seleção Brasileira. Nesta quinta-feira, ele voltou à Granja Comary, concentração do time em Teresópolis, e vai viajar para Brasília onde, no sábado, a equipe enfrenta a Holanda pelo terceiro lugar. O objetivo é levantar o moral dos companheiros após a vexaminosa eliminação na semifinal.

"Falei para eles: começamos essa Copa juntos, então vamos terminar juntos. Voltei para terminar com eles independentemente do que aconteceu. Estamos fechados e unidos. Vamos terminar honestamente, honrando essa camisa que a gente ama e que sempre sonhamos em vestir", apontou Neymar, em referência à derrota por 7 a 1 para a Alemanha, no Mineirão, em Belo Horizonte.

"Não é por causa de uma derrota praticamente história que temos que baixar a cabeça. Faz parte do futebol. Eu não gosto de perder de jeito nenhum. É doloroso, vai doer, mas vai passar. Vamos fazer de tudo para devolver alegria ao povo, às nossas famílias e aos nossos rostos. O olhar de cada jogador aqui é de tristeza, é chato. Espero que a gente possa voltar a sorrir", afirmou o atacante do Barcelona.

Neymar exaltou a postura de alguns torcedores, que apesar da chuva compareceram à Granja Comary e incentivaram os jogadores. 

Tags: 20-14, atacante, brasil, coletiva, Mundial

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.