Jornal do Brasil

Quarta-feira, 3 de Setembro de 2014

Esportes - JB na Copa

Brasileiros são maioria na chegada para jogo decisivo no Mineirão

Agência Brasil

Os brasileiros serão hoje (8) a maioria dos torcedores no Mineirão, em Belo Horizonte. Por volta das 14h desta tarde, três horas antes do início do jogo entre Brasil e Alemanha pelas semifinais da Copa, torcedores vestindo camisas amarelas ou azuis da seleção coloriam o entorno do estádio mineiro. Muitos deles usavam perucas coloridas e balançavam a bandeira do Brasil. Alguns até arriscavam gritos como o de “O campeão voltou” ou alguma canção xingando os alemães. 

Um deles chamou bastante a atenção e foi muito fotografado na entrada do estádio. Pintado todo de verde e usando um calção azul da seleção brasileira, ele dizia ser o atacante Hulk, jogador do Brasil. À Agência Brasil, o “Hulk” Fred Fagundes, de Juiz de Fora (MG), arriscou até falar em inglês, dizendo ser o “melhor jogador do futebol do mundo”. Segundo ele, Hulk fará dois gols contra a Alemanha e o Brasil vencerá o jogo por 3 a 1. “Vai ser um jogo muito bom, fácil”, falou ele, brincando. 

Outro que decidiu vir ao jogo fantasiado, usando um traje que imita a roupa de um papa e com bandeiras brasileiras na estampa, foi o paulista Ricardo Menezes. “Estou acompanhando o Brasil a Copa inteira”, falou ele, que aposta que o jogo será muito difícil. “Vai ser preciso muita reza. Não vai ser fácil não, mas a fé move o brasileiro. E hoje não será diferente”, disse. Segundo ele, a vestimenta, que já foi utilizada em muitas outras ocasiões e jogos, vai dar sorte ao Brasil.

"Na final do vôlei feminino, nas Olimpíadas de Londres, eu estava lá, abençoando [a seleção brasileira ganhou o ouro olímpico na ocasião]. E também com o Corinthians, em Tóquio, na final do Mundial de Clubes [título conquistado pelo clube brasileiro]. É a roupa da sorte”, lembrou ele. A vestimenta de papa, segundo ele, também servirá para “agourar” a Argentina. "Estou excomungando a Argentina”, riu. Menezes disse que a Copa, em geral, está muito boa, e que não encontrou problemas por onde passou. “Está no mesmo nível das outras Copas”, falou ele, que aposta em uma final do Brasil contra a Holanda. 

O também paulista Rafael Rodrigues chegou ao estádio carregando um pôster do jogador Neymar, que não participará do jogo de hoje por causa de uma lesão na coluna. “Vamos ver o Brasil hoje atropelar a Alemanha”, disse ele, que apostou em um placar de 3 a 1. “Neymar estará presente e vamos jogar por ele”, falou Rodrigues, apontando o dedo para o pôster do jogador. Segundo ele, apesar da ausência do craque, o Brasil vai chegar à final. “Sem Neymar e sem Thiago Silva, mas com o conjunto que o Brasil tem, hoje não tem para ninguém”, disse ele, que aposta em uma final do Brasil contra a Argentina, no próximo domingo, no Maracanã. 

Mas os torcedores alemães não se intimidaram. Muitos deles colocaram a bandeira da Alemanha nas costas e circularam entre os brasileiros, até posando para fotos com os adversários. O torcedor alemão Michael Müller, que fala português, disse que a Alemanha tem 60% de chances de vencer o jogo hoje, principalmente pela ausência de Neymar. “A Alemanha vai para a final. Mas se o Brasil ganhar esse jogo, também pode ganhar a Copa”, falou ele, que chegou no país há dois meses. Müller, que acompanhou todos os jogos da seleção alemã nesta Copa, disse que não encontrou problemas pelas cidades onde passou. “Nenhum problema. Foi bem organizado e muito legal”.

Tags: Copa, mineirão, Mundo, semifinal, Torcida

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.