Jornal do Brasil

Sexta-feira, 1 de Agosto de 2014

Esportes - JB na Copa

Fase final da Copa de Futebol de Rua começa nesta segunda

Agência Brasil

Os jogos decisivos da 3ª Copa do Mundo de Futebol de Rua, que ocorre na capital paulista até o próximo dia 12, começam nesta segunda-feira (7). Nesta edição, a primeira sem vinculação com a Federação Internacional de Futebol (Fifa), cerca de 300 jovens e adolescentes entre 16 e 21 anos, de 24 países, participam do evento.

No entanto, segundo os organizadores, não são os resultados das partidas que norteiam o evento, mas a troca de experiência sobre temas como direitos humanos e exclusão social, que são debatidos logo após os jogos. “É uma coisa maior, o futebol é um jeito para que as crianças deixem as ruas, tenham uma oportunidade de trabalhar, de conhecer gente, é um jeito de desenvolvimento dos meninos e meninas. É uma forma de conhecer o país, conhecer São Paulo. Ontem, por exemplo, a gente foi para Heliópolis, e está conhecendo o jeito de viver das pessoas, de morar aqui, e conhecer outras culturas”, disse Martin Castro, um dos coordenadores de delegação.

Nas partidas, há três tempos técnicos: no primeiro, os times definem as regras básicas do jogo. No segundo, a bola rola levando em conta as regras que foram definidas anteriormente. O terceiro tempo é dedicado à reflexão, em que os participantes conversam sobre a partida. Também é neste momento que ocorre um diálogo sobre os valores e a atribuição de pontos.

“Nesse torneio, não há discriminação entre mulheres e homens. Esse é um valor que sempre utilizamos, as mulheres e os homens são iguais e podem jogar futebol”, destacou a atleta Sandra Mencia, do Paraguai.

Para o líder comunitário de Paraisópolis Jéferson Garibaldi, a Copa de Futebol de Rua está sendo uma boa escola para as novas lideranças nas periferias. O bairro recebeu ontem a visita das delegações participantes do campeonato. “A comunidade está aberta a dividir as experiências que têm nos trabalhos sociais. O objetivo foi trocar experiência mesmo,  mostrar como é o nosso processo de desenvolvimento, como é a ação social dentro da comunidade. Foi uma troca, eles adquiriram essa experiência e nós a deles”, destacou.

O Largo da Batata, na zona oeste, será o palco dos jogos que começam amanhã. Serão dois jogos de manhã e um à tarde e, no encerramento, um debate. No dia 12 de julho, as partidas semifinais e a grande final serão disputadas entre a Avenida Ipiranga e a Avenida São João, no centro de São Paulo.

Tags: decisivos, delegação, futebol, jogos, regras, times

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.