Jornal do Brasil

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

Esportes - JB na Copa

Krul defende e Holanda garante a sua vaga na semifinal da Copa

Seleção holandesa vai enfrentar a Argentina no Itaquerão, na próxima quarta

Jornal do Brasil

Em uma partida dramática, os torcedores das seleções da Holanda e Costa Rica presenciaram um verdadeiro duelo neste sábado (5) pelas quartas de final da Copa, na Arena Fonte Nova, em Salvador. A Holanda venceu a Costa Rica por 4 a 3 nos pênaltis e agora vai encarar a Argentina, às 17h da próxima quarta-feira (9), no estádio Itaquerão, em São Paulo. 

Os torcedores que esperavam um jogo fácil para os holandeses se surpreenderam. A forte defesa da Costa Rica atrapalhou o domínio dos holandeses e levou a partida empatada sem gols para a prorrogação e a decisão só veio nos pênaltis.

Um dos protagonistas da partida entrou bem depois dos 45 do segundo tempo: o goleiro Krul saiu do banco para assumir o posto de Cillessen na cobrança dos pênaltis e cravou seu nome na partida segurando dois chutes da Costa Rica.

A Costa Rica, sobrevivente do chamado grupo da morte e responsável pelo atropelamento de times como Itália, Uruguai e Inglaterra, a Costa Rica não conseguiu passar pela Holanda, grande candidata a levantar a taça do Mundial. Contudo, a seleção que foi a grande surpresa do campeonato deixou a competição invicta.

Com a eliminação da principal zebra do campeonato, sobram apenas Brasil, Alemanha, Argentina e Holanda na competição.

Partida emocionante

A Holanda iniciou a partida avançando no ataque, porém a forte defesa da Costa Rica impossibilitou maiores atuações da equipe laranja. Contudo, a qualidade técnica da Holanda fez com que o goleiro da Costa Rica, Navas, tivesse trabalho e acabasse como um dos principais nomes da partida ao fazer defesas inacreditáveis.

Apesar de a grande protagonista ofensiva ter sido a Holanda, a Costa Rica não ficou só na defesa e também quase marcou, mas teve o gol agarrado por Cillessen.

Com a proximidade do fim do segundo tempo, após terem perdido até mesmo um gol de falta que acertou a trave, a equipe holandesa se tornou mais ofensiva, com atuações marcantes de Van Persie e do insistente Sneijder. Contudo, Navas foi o principal responsável por impedir qualquer possibilidade de abertura do placar por parte do time holandês.

Nos pênaltis, o goleiro costa-riquenho não teve a mesma sorte: não conseguiu agarrar nenhum dos chutes holandeses, enquanto que Krul, que entrou no lugar de Cillessen, fez duas defesas que salvaram a Holanda da muralha da América Central – e garantiram que a Holanda avançasse mais uma etapa no campeonato.

Tags: Argentina, dramática, fonte, Holanda, nova, partida

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.