Jornal do Brasil

Sábado, 30 de Agosto de 2014

Esportes - JB na Copa

Torcedores fazem festa dentro e fora da Fan Fest em Copacabana

Agência Brasil

Os torcedores que assistiram à partida de hoje (4) entre Alemanha e França na Fifa Fan Fest da Praia de Copacabana sofreram com o calor. Em um dia de céu aberto e temperatura marcando 26 graus Celsius nos termômetros da orla da zona sul do Rio de Janeiro, restou buscar a sombra em baixo de poucos coqueiros, ou assistir ao jogo do lado de fora da Fan Fest, onde o sol não pegava, na Avenida Atlântica.

Por causa do feriado decretado em virtude do jogo no Estádio do Maracanã, na zona norte, as duas pistas da Avenida Atlântica ficaram fechadas para carros. Isso permitiu que muitos torcedores ocupassem o local nas zonas com vista para o telão da Fan Fest.

Dois amigos alemães contaram que até tentaram ficar dentro da Fan Fest mas por causa do calor, sob sol forte, não conseguiram. “Muito sol, muitas pessoas”, disse Carstein Wagner. “Fica muito apertado e, em pé, não dá para aguentar”, disse, sobre a lotação de 15,5 mil pessoas na Fan Fest para a primeira partida desta sexta-feira. Ele acredita que os jogadores também sofreram com o calor em campo.

O francês François Belinga, que chegou a ir até o Maracanã na expectativa de comprar um ingresso, chegou um pouco depois do início da partida e também decidiu assistir ao jogo na rua, do lado de fora do espaço da Fifa.  No momento da entrevista, ele ainda esperava que a França virasse o placar. "Tudo é possível se o jogo não acabou", brincou.

Antes do fim da partida, os pequenos aglomerados de torcedores alemães já agitavam a camisa da seleção minutos antes do último apito do juiz. Os franceses, que sofreram desde o primeiro tempo com o gol que acabaria por definir a vitória da Alemanha, afogaram as mágoas com o funk que começou a tocar no palco logo após o fim do jogo.

Para o parisiense Phillip Lagaillarde, 36 anos, embora a França seja mais forte que a Alemanha, o time não jogou bem desta vez. "Agora vou ficar aqui e torcer pelo Brasil", disse ele, que espera que o Brasil vá para a final com a Bélgica e que ganhe o Mundial deste ano. "Já que não dá para ser a França que seja o Brasil", comentou.

Para o alemão Edric Feller, 36 anos, a Alemanha já está garantida na final. Ele veio de Berlim há duas semanas e lamenta ter de deixar o país dois dias antes da final. "Será Alemanha contra a Argentina" arriscou ele.

As amigas e estudantes brasileiras Ana Cláudia Souza e Luciana Moura, 18 anos, torceram para a França, mas elogiaram o desempenho da seleção alemã. "Mereciam ganhar", disse Ana. "Agora é torcer para o Brasil ganhar da Colômbia e depois da Alemanha", disse a amiga.

Do lado de fora da Fan Fest, os torcedores colombianos se preparavam para torcer contra o Brasil. As seleções se enfrentam na Arena Castelão, em Fortaleza, às 17h.

"Vamos entrar mais tarde. Para torcer, não podemos estar cansados, estamos guardando todas as energias", disse Edwin Rodriguez, que é natural de Bogotá

De outro grupo, o colombiano Oscar Martinez, também de Bogotá, disse que vai esperar mais um pouco na sombra. "Temos que nos reunir. A torcida brasileira é muito grande lá dentro", disse. Ele se referia a quantidade de brasileiros na Fan Fest. "Estamos nos preparando", disse.

 

Tags: alegria, Copa, Mundo, Sul, torcedores, Zona

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.