Jornal do Brasil

Segunda-feira, 28 de Julho de 2014

Esportes - JB na Copa

Relatórios da PM mostram falhas na segurança do Maracanã durante a Copa

Agência Brasil

Relatórios produzidos pelo Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (Gepe) da Policia Militar (PM) mostram falhas na segurança do Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, durante jogos da Copa do Mundo. Os documentos foram divulgados pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ), que teve acesso a eles.

Os documentos mostram, inclusive, que pessoas armadas entraram no estádio sem ser incomodadas, nos jogos entre a Argentina e a Bósnia, no dia 15 de junho, e entre o Chile e a Espanha, no dia 18.

“As revistas utilizadas apresentaram várias falhas, permitindo que garrafas, latas, líquidos diversos e pessoas armadas entrassem no estádio sem ter sua identidade e o competente porte de arma verificados. Tal fato foi constatado em razão de policiais militares do Gepe terem sido abordados por policiais de folga, já no interior do estádio, que solicitavam informações sobre possível acautelamento de armas”, diz um dos relatórios.

De acordo com a PM, os policiais de folga que estavam armados dentro do estádio disseram que não foram abordados pelos seguranças privados e que os detetores de metal do Maracanã não estavam funcionando.

O problema não foi relatado nos dois jogos seguintes (Bélgica x Rússia, no dia 22, e França x Equador, no dia 25), mas voltou a ocorrer no jogo das oitavas de final, na partida entre Colômbia e Uruguai, no dia 28 de junho.

Ainda segundo os relatórios, não existe controle sobre a autenticidade dos ingressos nas primeiras entradas do Maracanã, o que permitiu que pessoas com bilhetes falsos invadissem o estádio e praticassem furtos. O número de vigilantes também foi considerado insuficiente para controlar a entrada dos torcedores.

Foi relatado ainda a entrega de garrafas e latas de bebida aos torcedores nos bares do Maracanã, em vez de fornecer apenas a bebida em um copo descartável. Problemas com torcedores embriagados foram registrados em alguns jogos.

Tags: 2014, brasil, estádios, Mundial, segurança

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.