Jornal do Brasil

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

Esportes - JB na Copa

Presença de campeões mundiais e surpresas marcam quartas de final

Agência Brasil

Começam amanhã (4) as quartas de final da Copa do Mundo. Das 32 seleções que começaram o torneio, restam apenas oito, entre elas quatro campeãs do mundo – Brasil, Alemanha, França e Argentina – na busca por mais uma taça. Também estão na disputa a Holanda, Bélgica, Colômbia e Costa Rica. Todas essas seleções terminaram em primeiro lugar em seus grupos. É a primeira vez que isso ocorre desde o Mundial de 1986, quando o sistema de oitavas de final passou a ser adotado após a fase de grupos.

Apesar de credenciadas por títulos mundiais, as quatro campeãs não encheram os olhos do público, como têm feito a Colômbia e a Costa Rica, as surpresas do torneio. Mesmo que não passe pela favorita Holanda, o time costarriquenho já fez grande papel em campos brasileiros.

A Costa Rica terminou a primeira fase na liderança de um grupo que tinha o Uruguai, a Inglaterra e a Itália, apresentando um futebol convincente. O meio-campista Ruiz e o atacante Campbell são destaques da equipe que destronou campeãs mundiais e que, independentemente do que ocorrer no próximo sábado (5), será recebida com festa nas ruas de San José, a capital do país.

A Colômbia foi o time mais regular do torneio até agora, a única seleção que ainda não deu qualquer susto em seus torcedores e que tem enchido os olhos do público mais do que se imaginava. Após uma primeira fase irrepreensível, eliminou o Uruguai com facilidade. Mesmo sem o atacante Suárez, suspenso pela Federação Internacional de Futebol após morder um jogador adversário durante a partida contra a Itália, esperava-se mais de um Uruguai que pouco ameaçou o gol de Ospina.

O Brasil deverá ter muito trabalho. Ter a torcida ao seu lado ou a presença da camisa canarinho em campo não garantirá o passaporte para as semifinais. Depois de uma partida difícil de oitavas de final contra o Chile, o Brasil precisará corrigir falhas para o jogo de amanhã (4) na Arena Castelão, em Fortaleza. Os brasileiros torcem para que o técnico Luiz Felipe Scolari tenha a receita para parar os habilidosos James Rodríguez e Cuadrado.

Alemães e franceses farão a primeira partida desta fase da Copa, no Maracanã. As atuações dos dois times, no entanto, têm sido irregulares. As partidas de ambos nas oitavas de final não convenceram plenamente a torcida. Enquanto os franceses foram dominados pela Nigéria durante quase todo o primeiro tempo antes de vencer o jogo no final da segunda etapa, a Alemanha sofreu com os contra-ataques da Argélia durante todo o tempo normal e só conseguiu marcar os gols da vitória na prorrogação.

A Holanda é favorita a vencer a Costa Rica, mas a partida contra o México, na fase anterior, mostrou que o time de Robben e Sneijder tem deficiências que podem ser exploradas pelo time da América Central. O torcedor holandês sabe que será difícil contar, mais uma vez, com dois gols salvadores nos últimos minutos, como ocorreu no jogo anterior.

Os torcedores brasileiros e argentinos ainda esperam uma grande atuação de suas seleções. Embora demonstrem otimismo após cada vitória, os argentinos ainda não viram um futebol à altura de seus jogadores. A vitória argentina sobre a Suíça nos últimos minutos foi, possivelmente, a melhor partida da equipe do técnico Alejandro Sabella.

Os “Diabos Vermelhos” vão, pela primeira vez nesta Copa, entrar em campo sem favoritismo, dispensado aos argentinos. Vencedora de todas as partidas na fase de grupos, a Bélgica chegou às quartas de final após uma partida sofrida contra os Estados Unidos, decidida apenas na prorrogação. Os contra-ataques em velocidade, com Lukaku, Origi e De Bruyne, podem ser uma arma contra a defesa argentina.

Tags: copa do mundo, futebol, jogos, oitavas, partidas, quartas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.