Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Esportes - JB na Copa

RJ: polícia investiga desvio de ingressos na Fifa e CBF

Portal Terra

APolícia Civil fluminense e o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) suspeitam que integrantes da Fifa, da CBF e das federações de futebol da Argentina e da Espanha tenham participação em um esquema ilegal de venda de ingressos para a Copa do Mundo. Segundo as investigações, o grupo - que foi desmontado nesta terça-feira com a prisão de 11 suspeitos no Rio de Janeiro e em São Paulo - faturava com o esquema até R$ 1 milhão por jogo. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

De acordo com a publicação, a quadrilha era liderada pelo argelino Mohamadou Lamine Fofana, 57 anos, e vinha sendo investigada há três meses. Durante as apurações, houve interceptação de telefonemas do argelino para a Granja Comary, em Teresópolis (RJ), onde a Seleção Brasileira está concentrada.

Segundo o jornal, a polícia suspeita que um intermediário do argelino tenha contato com a Seleção e acesso livre à Granja Comary, já que 10 dos ingressos apreendidos com o grupo pertenciam à comissão técnica do Brasil. 

As investigações apontam que o esquema funcionava desde a Copa de 2002, no Japão e Coreia do Sul. A suspeita é de que a quadrilha tenha adquirido bilhetes da cota da Fifa para meia-entrada e gratuidade, e também entradas da CBF e das federações da Argentina e da Espanha.

Os presos foram indiciados acusados de cambismo, associação criminosa e lavagem de dinheiro e podem pegar até 18 anos de prisão. 

Tags: cbf, Copa, esquema, ingresso, venda

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.