Jornal do Brasil

Terça-feira, 22 de Julho de 2014

Esportes - JB na Copa

Argentina cancela entrevistas após morte de jornalista 

Portal Terra

A Argentina não concederá entrevistas nesta quarta-feira após o acidente que vitimou uma jornalista do país em rodovias brasileiras, informou a federação local de futebol. Maria Soledad Fernandez, 26 anos, morreu em um acidente de carro na BR-381, enquanto viajava de São Paulo para Minas Gerais no início do dia. Ela era filha de Tití Fernandez, personalidade famosa da imprensa argentina.

Juan Carlos Crespi, secretário de seleções da federação e vice presidente do Boca Juniors, afirmou que a situação deixou toda a delegação abalada e que a decisão de não falar com a mídia internacional foi tomada em solidariedade à família da jornalista. Argentinos que vieram ao Brasil para a cobertura do Mundial já haviam afirmado que não fariam perguntas nesta quarta-feira.

"É um dia ruim para delegação argentina por causa do que ocorreu com Tití Fernandez. Os jogadores se sentem muito mal porque Tití Fernandez, dentro do esporte argentino e da seleção nacional, é um homem muito querido. E o que passou com a filha é uma dor a todos que somos pais. É muito doloroso e somos solidários", declarou Crespi. O dirigente pediu desculpas em nome do elenco da seleção pela decisão de não falar com a imprensa.

"Sabemos que é uma morte dolorosa. Quero pedir desculpas em nome do plantel. Nós somos solidários. Mas hoje eles se sentem mal. O jornalismo argentino sente muito. Ele precisa de muito carinho, afeto e amor. A morte de uma filha, de um filho. A alegria que tinha Tití de estar ao lado de sua filha vendo um Mundial. Não sei o que dizer, mas volto a pedir desculpas pelo atraso, pelos jogadores. Esperamos poder seguir o caminho da alegria porque agora estamos passando por uma tristeza muito profunda", concluiu Juan Carlos Crespi.

Após o pronunciamento do secretário, um jornalista argentino tomou a palavra e pediu para que todos os presentes fizessem um minuto de silêncio em homenagem a Maria Soledad. Na sequência, todos bateram palmas e deixaram o local.

A Argentina se prepara para enfrentar a Bélgica no próximo sábado, às 13h, no Estádio Mané Garrincha, em partida que decidirá um dos semifinalistas da Copa do Mundo.

Tags: Argentina, brasil, Copa, morte, Mundo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.