Jornal do Brasil

Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Esportes - JB na Copa

Com faixas no joelho, Neymar assiste a amistoso de reservas

Portal Terra

Três dias depois da partida diante do Chile, decidida na cobrança de pênaltis pelas oitavas de final da Copa do Mundo, os jogadores titulares da Seleção Brasileira seguem sem voltar ao gramado. Apenas os reservas foram a campo para disputar um treino amistoso com a equipe sub-20 do Fluminense, comandado pelo auxiliar técnico Flavio Murtosa e que foi acompanhado do banco de reservas pelo técnico Luiz Felipe Scolari e pelo coordenador técnico Carlos Alberto Parreira. A atividade acabou com a vitória por 1 a 0 dos reservas da Seleção.

Os 11 que começaram a partida contra os chilenos ficaram na academia fazendo um trabalho na esteira e na bicicleta. No meio do treino amistoso, a maioria dos titulares desceram para assistir do banco de reservas. Chamou a atenção o fato do atacante Neymar estar com o joelho direito com algumas faixas, como uma espécie de curativo. 

Felipão aproveitou a presença dos titulares para uma conversa ao pé do ouvido, em que gesticulou por diversas vezes, apontando algumas coisas que via da movimentação dos reservas. No amistoso, o treinador da Seleção Brasileira colocou Paulinho de primeiro volante e Hernanes como segundo homem do meio. Os dois, ao lado de Ramires, devem disputar a vaga de Luiz Gustavo, suspenso pelo segundo cartão amarelo. 

O primeiro tempo começou com uma movimentação boa de Hernanes e só isso, já que a atividade foi bastante monótona. A primeira parte da atividade foi marcada por uma finalização bizarra de Jô, que acertou a arquibancada improvisada da Granja Comary, e duas falhas em domínios de bola de Bernard. 

No segundo tempo, houve mais movimentação. Hernanes fez um belo passe e Bernard acabou perdendo uma boa oportunidade. Em sequência, Flavio Murtosa, que funcionava também como árbitro da atividade deu um pênalti para a Seleção Brasileira. Bernard converteu abrindo o placar. Na sequência, Murtosa colocou Jô, Hernanes e Willian. Apenas o centroavante do Atlético-MG perdeu a penalidade. 

Jô, por sinal, seguiu fazendo um treino pífio. Acertando diversas finalizações ao lado do gol de Victor, que defendia a meta do time sub-20 do Fluminense. Depois de uma hora, Flavio Murtosa encerrou a atividade que foi pouco produtiva para o técnico Luiz Felipe Scolari.

Tags: atacante, Copa, Mundo, seleção, treinamento

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.