Jornal do Brasil

Domingo, 31 de Agosto de 2014

Esportes - JB na Copa

Suárez pede perdão a Chiellini e promete nunca mais morder

Portal Terra

O atacante Luis Suárez publicou em seu perfil no Twitter, no início da tarde desta segunda-feira, um pedido de desculpas por ter mordido o zagueiro Chiellini em jogo da Copa do Mundo entre Uruguai e Itália, no Brasil. 

O jogador se mostrou arrependido pelo lance que causou polêmica, já que o árbitro não viu nem advertiu a agressão, mas causou punição severa da Fifa.

O atleta foi suspenso por nove jogos, multado e afastado de qualquer atividade relacionada ao futebol por quatro meses. Suárez também não poderá atuar por clubes, seja pelo Liverpool ou por qualquer outro pelo qual venha a jogar caso se transfira.

"Depois de estar uns dias em casa com minha família, tive a oportunidade de recuperar a tranquilidade e refletir sobre a realidade do que aconteceu na partida Itália x Uruguai em 24 de junho de 2014", disse o jogador, na mensagem. Na sequência, ele tenta aplacar a guerra verbal em que se envolveram jogadores uruguaios, imprensa mundial, a Fifa e até o presidente do Uruguai, José Mujica.

Atacante uruguaio foi punido pela Fifa por mordida em italiano
Atacante uruguaio foi punido pela Fifa por mordida em italiano

"Independentemente das polêmicas e declarações contraditórias que se tem produzido nesses dias, todas elas sem querer interferir no bem-estar da minha seleção, é certo que meu companheiro de profissão, Giorgio Chiellini, sofreu no lance que teve comigo as consequências de uma mordida", continuou Suárez, que, inicialmente, afirmou que se desequilibrou no lance em questão e, por isso, acertou o rosto - e os dentes - no ombro de Chiellini.

"Por isso eu: me arrependo profundamente; peço perdão a Giorgio Chiellini e a toda família do futebol; e me comprometo publicamente que nunca mais acontecerá um incidente como esse com minha participação", completou o jogador, que é reincidente neste tipo de agressão: já mordeu, antes, Ivanovic em partida do Campeonato Inglês e Otman Bakkal, em jogo do Campeonato Holandês.

Suárez segue em Montevidéu, enquanto, na Europa, esquentam os boatos sobre a possibilidade de se transferir do Liverpool para o Barcelona - o jornal Sport chegou a afirmar que  o perdão é a ação que falta para chegar a um acordo com o clube catalão. A Federação Uruguai de Futebol recorreu da punição, mas a Fifa ainda não fez o julgamento do mérito. A seleção uruguaia acabou eliminada nas oitavas de final da Copa do Mundo, derrotada por 2 a 0 pela Colômbia. A punição e a ausência de Suárez foram considerados primordiais para o fracasso no Brasil pela imprensa uruguaia.

Tags: Copa, mordida, Mundo, punição, uruguaio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.