Jornal do Brasil

Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Esportes - JB na Copa

Funcionário vendeu credenciais da Copa a R$ 150 na Arena PE

Portal Terra

O coordenador de Controle e Comando Regional da Secretaria de Defesa Social, Alexandre Lucena, confirmou que dez torcedores receberam penas alternativas e um funcionário terceirizado do Comitê Organizador Local/Fifa foi preso por estar repassando credencial para pessoas assistirem à partida das oitavas de final entre Costa Rica e Grécia, vencida nos pênaltis pela equipe latino-americana.

O funcionário da terceirizada tinha duas credenciais e foi monitorado enquanto saia do estádio e entregava para torcedores, que pagavam R$150 a credencial. Ele foi enquadrado no Artigo 171 do Código Penal Brasileiro. “Monitoramos até a entrada de dez torcedores. Então quando estava começando o jogo os abordamos, interrogamos eles e fomos informados de que era essa pessoa que estava passando a credencial”, disse Alexandre Lucena, sem descartar a participação de outras pessoas no esquema.

Os torcedores que pagaram para entrar com a credencial do terceirizado foram enquadrados no Artigo 308 do Código Penal, sendo um delito considerado de menor potencial ofensivo eles receberam multas para repassar a instituições de caridade entre R$300 e R$600.

Tags: Copa, credenciais, crime, jogo, punição

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.