Jornal do Brasil

Sexta-feira, 26 de Dezembro de 2014

Esportes - JB na Copa

Contra França, Nigéria quer apagar "fantasma de Baggio"

Portal Terra

França e Nigéria disputam nesta segunda-feira, às 13h (de Brasília), no Estádio Nacional Mané Garrincha, uma vaga para as quartas de final da Copa do Mundo. O ganhador irá encarar quem sair do duelo entre alemães e argelinos, que se enfrentam às 17h, no Beira-Rio.

Campeã mundial em 1998, a França tem sido uma surpresa agradável neste Mundial. Sem o astro Franck Ribéry, a equipe do técnico Didier Deschamps fez uma primeira fase impecável e ganhou os holofotes ao golear a Suíça por 5 a 2, sendo a vencedora do grupo com sete pontos.

O destaque da equipe tem sido Karim Benzema. O atacante do Real Madrid já balançou três vezes as redes e podia ter ainda mais dois gols – um atribuído ao goleiro de Honduras e o outro anulado por ter já acabado o jogo diante dos suíços.

Benzema tem honrado a camisa 10 usada no passado por Michel Platini e Zinedine Zidane. Tem atuado tem como centroavante em alguns momentos assim como pelos lados quando o treinador opta por Olivier Giroud.No Mundial, a França tenta apagar o fiasco de 2010 e retomar a confiança dos torcedores. 

Na África do Sul, os franceses saíram do torneio sem nenhuma vitória em um grupo formado pelos locais, uruguaios e mexicanos.Por sua vez, a Nigéria fez uma campanha modesta e chega a esse duelo sem o mesmo brilho dos Mundiais de 1994 e 98, quando “assustou” potências como Argentina, Espanha e Itália. No Brasil, a seleção africana venceu apenas a Bósnia na primeira fase, mas conseguiu o segundo lugar.

A meta das “águias” é superar a barreira das oitavas de final. Em 1994, a equipe que contava com Jay-Jay  Okocha estava praticamente eliminando a Itália, mas levou um gol nos últimos instantes do tempo normal marcado por Roberto Baggio. Na prorrogação, o craque voltou a marcar de pênalti e a eliminar os africanos.

Quatro anos depois, na França, a Nigéria voltou a avançar de fase ao deixar para trás a favorita Espanha. No entanto, a equipe fez uma partida desastrosa contra a Dinamarca e foi goleada por 4 a 1 pelos escandinavos.

Para o duelo contra os franceses, a maior esperança de gols é o atacante Ahmed Musa. O jogador do CSKA Moscou já balançou as redes três vezes e provocou calafrios nos argentinos, durante a apertada vitória por 3 a 2 dos sul-americanos. O nigeriano já despertou a atenção de Deschamps."É uma equipe muito atlética, muito forte fisicamente e com defesa bem organizada. No ataque eles têm dois atacantes muito rápidos, Emmanuel Emenike e Ahmed Musa", comentou.

Assim como ocorreu com Gana na primeira fase, a delegação da Nigéria ameaçou entrar em greve por não ter recebido a premiação por ter avançado. No entanto, o presidente do país, Goodluck Jonathan, ligou para representantes da seleção para garantir pessoalmente aos jogadores que o ministro do Esporte, Tamuno Danagogo, irá ao Brasil com o dinheiro.

Tags: Copa, Disputa, França, jogo, NIGÉRIA

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.