Jornal do Brasil

Quarta-feira, 3 de Setembro de 2014

Esportes - JB na Copa

Holanda vence muralha Ochoa com gols no fim e elimina México

Portal Terra

De forma dramática, a Holanda conseguiu classificação emocionante às quartas de final da Copa do Mundo. Sem brilhar neste domingo como na primeira fase, a seleção europeia saiu atrás no placar no início do segundo tempo e era eliminada da Copa do Mundo até os 42min do segundo tempo. Com dois gols em cinco minutos, os europeus superaram a “barreira” mexicana Ochoa no Castelão (CE) para virar a partida nos minutos finais e, com vitória por 2 a 1 sobre o México, avançar às quartas do Mundial.

Agora, os holandeses aguardam o adversário das quartas de final. No duelo, que será disputado às 17h (de Brasília) do próximo sábado, na Fonte Nova, a seleção europeia aguardará o vencedor de Costa Rica x México, partida que será realizada ainda neste domingo.

O forte calor das 13h em Fortaleza não foi sentido só pelos jogadores em campo. Nas arquibancadas, torcedores tentavam fugir do forte sol e se aglomeraram nos corredores do estádio. Por causa da temperatura, o confronto foi paralisado aos 30min do primeiro tempo para reidratação dos atletas no gramado.

Em campo, o México se portou melhor do que a Holanda nos primeiros 45 minutos. Mais ofensiva e com o domínio da posse de bola, a seleção da América do Norte criou boas jogadas e, na melhor delas, Herrera chutou rente ao posto holandês aos 17min. A ofensividade mexicana era parada pela defesa da Holanda, que fechou-se e buscou parar as investidas.

A seleção europeia teve trabalho na etapa inicial para encaixar o contra-ataque que havia conseguido nos duelos anteriores. O time holandês parecia confuso com substituições de Van Gaal que, obrigado a mudar o time com lesão de De Jong, inverteu posições de jogadores. Mesmo assim, a Holanda ainda teve um pênalti negado em Robben já no fim do primeiro tempo.

A postura ofensiva do México foi recompensada logo na volta do intervalo. Aos 2min, Giovani dos Santos  arriscou chute de fora da área no canto do goleiro holandês e abriu o palcar no Castelão. Após a abertura do placar, a Holanda finalmente se soltou na partida e foi para cima dos mexicanos. Aí, então, apareceu a estrela do goleiro Ochoa, que, assim como no duelo contra o Brasil pela fase de grupos, passou a brilhar em momentos-chave.

Primeiro, foi 11min. Após cobrança de escanteio de Robben, De Vrij apareceu na pequena área para chute à queima-roupa, defendido no reflexo pelo goleiro mexicano – a bola ainda chegou a tocar na trave. Pouco depois, foi a vez de Sneijder chutar, mas a bola desviou na zaga antes de sair.  

O goleio mexicano voltou a brilhar aos 29min, quando o holandês Robben, que passou a brilhar na etapa final, deixou os marcadores para trás, mas foi parado pela “muralha”. A pressão holandesa finalmente deu resultado aos 42min, quando Robben cobrou escanteio, Huntelaar ajeitou para trás e Sneijder encheu o pé para o gol, sem chances para Ochoa.

Quando a partida já se encaminhava para a prorrogação, o holandês Robben sofreu pênalti na grande área e, desta vez, a arbitragem corretamente assinalou. Na cobrança, Huntelaar cobrou bem no canto e deslocou o goleiro Ochoa, dando a classificação emocionante aos holandeses. 

Tags: Copa, eliminação, México, Mundo, seleções

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.