Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Esportes - JB na Copa

Uruguaios se reúnem na porta da casa de Suarez para ver jogo contra a Colômbia

Agência Brasil

Nas ruas da capital uruguaia, só se vê o rosto de Luiz Suarez, a estrela da seleção, que não participará do jogo contra a Colômbia hoje (28), às 17h – horário de Brasília, no Maracanã, Rio de Janeiro. O jogador voltou a Montevideu depois de ter sido expulso da Copa e proibido de pisar nos gramados pelos próximos quatro meses, por ordem da Federação Internacional de Futebol (Fifa).

A torcida uruguaia amanheceu na porta da casa dele – muitos com máscaras do rosto de Suarez, vendidas nas bancas de jornal. “Somos apenas 3 milhões de uruguaios, mas estamos todos com Suarez”, disse à Agencia Brasil, Juan Toledo.

A expectativa dos torcedores, horas antes do início do jogo contra a Colômbia, é grande. A grande maioria acha que a Fifa exagerou na hora de castigar Suarez, por ter mordido um adversário na partida contra a Itália, na semana passada. Em sinal de protesto, o técnico da seleção, Oscar Tabarez, pediu demissão do cargo que ocupava na Comissão de Estratégia da Fifa.

“Mesmo sem Suarez, vamos devorar os colombianos”, brincou Matilde Villalba, imitando a dentada do jogador. A revolta com a punição de Suarez também está na boca do povo. “Todos sabem que a Fifa é corrupta. Tiraram Suarez da jogada, porque somos um país pequeno e alguém está lucrando com isso”, disse o taxista Jorge Granada.

O clima antes do jogo, em Montevidéu, é o de festa. Um telão foi montado na frente da prefeitura e outro na porta da casa de Suarez, para que ele se sinta rodeado pela torcida, mesmo estando fora do estádio.

Tags: copa do mundo, mordida, suárez, Torcida, uruguai

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.