Jornal do Brasil

Sábado, 1 de Novembro de 2014

Esportes - JB na Copa

Uruguaios esperam Colômbia entre nervosismo e confiança

Portal Terra

O país está pintado de celeste. Pelas ruas, nas feiras livres que se espalham pela cidade neste início de sábado, nos bares, nas janelas das casas, a seleção do Uruguai e o filho pródigo - Luis Suárez - dominam Montevidéu e o sentimento dos uruguaios, nervosos e confiantes na vitória da equipe sobre a Colômbia.

"Acho que a seleção vai estar motivada. Vão morder todo mundo", brinca Mariella Cabrera e Leonardo Ascarate, funcionários do Mercado Agrícola de Montevidéu, centro de venda de hortaliças e também ponto de encontro dos montevideanos, especialmente nos finais de semana, com uma série de novos bares e restaurantes. "Vamos ganhar de 3 a 1."

Tomando um chope à espera do jogo da sua seleção e assistindo ao confronto entre Brasil e Chile, Guillermo Marsenall considera que a “Colômbia está muito bem. Sem Luis, os rapazes da seleção não vão tão bem. Acho que vai dar empate com definição nos pênaltis. E ganha o Uruguai, claro", apostou.

"O Uruguai está muito perseguido. Não estamos jogando apenas contra 11, mas sim contra muitas outras coisas", afirma Verónica Castro, que acompanha Guillermo na choperia. "Não querem que o Uruguai continue nessa Copa", acredita.

O comércio aposta nos jogadores mais do que nunca, e vende uma infinidade de bandeiras, camisetas e até marshmallows com as cores da bandeira do Uruguai. Como não podia ser diferente, o "fantasma" da Copa de 1950 pode ser visto em várias versões e tamanhos, para diversão das crianças. Há expectativa e indignação pela expulsão de Luis Suárez, o maior astro futebolístico do país no momento, mas também há senso de humor.

Tags: clima, Copa, Mundo, seleções, uruguai

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.