Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Esportes - JB na Copa

Segurança será reforçada nas oitavas de final da Copa no Maracanã

Agência Brasil

O efetivo de policiais militares vai aumentar ainda mais para o jogo de amanhã (28) no Estádio do Maracanã, às 17h, entre Uruguai e Colômbia pelas oitavas de final da Copa do Mundo. De 2,5 mil agentes usados nos quatro jogos da primeira fase, o número vai subir para 4 mil agentes na região. Os primeiros 900 chegam às 7h, de acordo com informação do tenente-coronel Cláudio Costa, porta-voz da Polícia Militar (PM).

Além disso, segundo ele, o Batalhão de Choque fará ronda no entorno do estádio a partir das 22h de hoje. “Nós vamos atuar a partir de hoje com policiamento no entorno do Maracanã [para] coibir qualquer pessoa que queira acampar ou ficar no entorno e, se for necessário fazer apreensão de barracas, teremos o apoio da Guarda Municipal. A PM também vai ter mil policiais na Fifa Fan Fest. na Praia de Copacabana, e 300 no Alzirão, bairro da Tijuca, além de [policiamento em] todos os locais de interesse turístico”.

De acordo com o delegado federal Roberto Alzir, subsecretário de Grandes Eventos da Secretaria de Estado de Segurança do Rio de Janeiro, o balanço da segurança na Copa, apresentado hoje (27) no Centro Integrado de Comando e Controle, é um sucesso, com ocorrências abaixo do esperado.

“Não tivemos crimes violentos relacionados à Copa do Mundo, nem do público de turistas que vieram, nem dos torcedores daqui. O mesmo que aconteceu na Jornada Mundial da Juventude e na Copa das Confederações [no ano passado]. Os delitos estão dentro do esperado para eventos de concentração de massa, até abaixo do registrado no carnaval. Como temos um viés latino muito forte, de torcedores muito apaixonados por suas seleções, a tendência é que o esquema de segurança fique cada vez mais rígido conforme o avanço das fases”.

A Polícia Civil deteve 97 cambistas entre os dias 12 e 26 de junho, envolvidos em 75 procedimentos ilegais, com apreensão de 120 ingressos, R$ 16 mil, US$ 5 mil e £ 420. Também foram cumpridos, no período, nove mandatos de prisão.

Dentro do Maracanã, a Defesa Civil relatou uma média de 150 atendimentos médicos sem gravidade, por jogo, e cinco remoções para hospitais. O caso mais grave foi o de um argentino, que teve fratura do pé no primeiro jogo no estádio, no dia 15.

A Guarda Municipal vai trabalhar com 1.800 agentes e 55 viaturas no controle urbano e do trânsito amanhã, um aumento de 15% no efetivo. Serão 541 guardas no Maracanã, 307 na Fifa Fan Fest e 103 no Alzirão.

Durante os quatro jogos disputados no Estádio do Maracanã, a Guarda Municipal aplicou 389 multas de trânsito e rebocou 325 carros. Multou também 21 mijões em área pública e deteve 52 flanelinhas e 37 cambistas. Foram interditados, ainda, três estabelecimentos comerciais por desrespeito à proibição de venda de bebida alcoólica e apreendidos 3.382 itens diversos, como bebidas e alimentos. Dentre eles 274 itens catalogados como marketing de emboscada.

Na região do Alzirão, na Tijuca, foram aplicadas 1.167 multas de trânsito, além de 387 carros rebocados, 57 mijões multados, 14.253 itens diversos apreendidos juntamente com 113 itens de marketing de emboscada.

 

Tags: 2014, brasil, Copa, esquemas, Mundo, Trânsito

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.