Jornal do Brasil

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

Esportes - JB na Copa

Segurança nega risco a torcedores e autoridades em abertura da Copa

Atirador pediu aval para abater suspeito no Itaquerão

Portal Terra

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo afirmou em nota, nesta sexta-feira, que houve um erro de comunicação na abertura de Copa, que foi rapidamente solucionado, e que “em nenhum momento foi colocada em risco a segurança das autoridades ou torcedores". A SSP disse ainda que "afirmar que quase houve morte nesta situação é causar alarmismo".

Ela ainda ressaltou que nenhuma das três ações necessárias para o uso da arma foi feita, segundo a Secretaria de segurança, são usados esses procedimentos:

"1. Autorização para o atirador carregar a arma, que por razões de segurança está desmuniciada.

2. Autorização para que o snipper coloque o alvo na alça de mira.

3. Autorização para atirar."

>> Atirador pediu aval para abater suspeito na abertura da Copa

Entenda o caso 

Um atirador de elite do Grupo Especial de Resgate (GER) da Polícia Civil pediu autorização de seus superiores para abater um homem que andava armado próximo à tribuna onde estavam a presidente Dilma Rousseff, chefes de Estado e autoridades da Fifa, na Arena Corinthians, durante a abertura da Copa do Mundo, no último dia 12. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

De acordo com a publicação, o sniper avisou a seus superiores sobre o suposto intruso via rádio. Informados, os membros da sala de comando, montada dentro do estádio, afirmaram que não havia nenhum PM do Gate na área restrita. O sniper pediu, então, autorização para fazer o disparo fatal.

Os comandantes do atirador pediram para que ele aguardasse mais um pouco. Após alguns minutos, um policial, cuja identidade não foi revelada, analisou as imagens e reconheceu o suspeito como um policial do Gate. O PM tido como suspeito retirou-se, então, do local.

Tags: disparos, Elite, Mundial, Policial, riscos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.