Jornal do Brasil

Quinta-feira, 2 de Outubro de 2014

Esportes - JB na Copa

CBF rebate chilenos sobre arbitragem: "respeitem a Seleção"

Portal Terra

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) se irritou nesta sexta-feira ao ver Luiz Felipe Scolari ser questionado sobre o temor do Chile quanto à arbitragem para o duelo deste sábado no Mineirão, pelas oitavas de final da Copa do Mundo.

A seleção chilena já admitiu temer que o trio de árbitros seja um fator decisivo para o clássico sul-americano. Membros da comissão técnica e até mesmo jogadores confirmaram o receio de uma "ajudinha" aos donos da casa.

“A melhor defesa (desta Copa) é a do Brasil. Estou muito feliz de jogar contra eles, mas o que me preocupa de verdade é a arbitragem”, disse o chileno Alexis Sánchez, na última quinta, em coletiva de imprensa.

O temor de que o Brasil possa ser ajudado pela arbitragem se ampliou depois da polêmica marcação de pênalti do juiz japonês Yuichi Nishimura no atacante Fred, durante a estreia contra a Croácia.

Na coletiva desta sexta, a CBF soltou o verbo e não permitiu que Felipão ou o capitão Thiago Silva respondessem à questão feita por um repórter da imprensa chilena.

“A imprensa do Chile tem insistido sobre esse tema. É primitivo e imaturo. Não é um desrespeito apenas com a Fifa, a arbitragem e a Seleção, mas também com as pessoas que trabalham aqui, com os 100 anos de história de conquistas do Brasil, e um desrespeito com o povo brasileiro. Deveriam tratar com um pouco mais de respeito a Seleção. Não vamos mais falar sobre isso”, disse o diretor de comunicação da CBF, Rodrigo Paiva.

Para o jogo contra o Chile, a comissão de arbitragem da Fifa escolheu o britânico Howard Webb, que também apitou a vitória do Brasil sobre o Chile em 2010 e a final daquele Mundial entre espanhóis e holandeses.

Tags: 2014, brasil, Chilenos, Copa, Mundo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.