Jornal do Brasil

Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

Esportes - JB na Copa

Com expulsão e reservas, Bélgica bate Coreia e passa em primeiro

Portal Terra

Com um impressionante desempenho defensivo e gol de Vertonghen no final da partida, a Bélgica venceu a Coreia do Sul e garantiu, na tarde desta quinta-feira, a liderança do Grupo H da Copa do Mundo. Na Arena Corinthians, em São Paulo, o time europeu colocou time com seis reservas e jogou mais da metade do tempo com um homem a menos, mas suportou a pressão sul-coreana para triunfar por 1 a 0.

Com o resultado, os belgas fecham a primeira fase com nove pontos e 100% de aproveitamento. Agora, terão pela frente nas oitavas de final da Copa do Mundo os Estados Unidos, segundo colocados do Grupo G. O confronto está marcado para terça-feira, às 17h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Já a Coreia do Sul está eliminada. A equipe asiática precisava de combinação de resultados na outra partida do Grupo H, em que a Argélia empatou por 1 a 1 com a Rússia e ficou com a segunda vaga. Para os coreanos, era preciso que os argelinos não triunfassem e que a vitória sobre Bélgica tirasse três gols de diferença no saldo. Da forma como a rodada terminou, a Coréia do Sul teria de ter vencido por 4 a 1.

Já classificada para a segunda fase, embora não garantida na liderança do Grupo H, a Bélgica mandou a campo equipe com seis reservas, já de olho nas oitavas de final. Contra a desesperada Coréia do Sul, a partida foi aberta desde o início, embora tenha falta aos times poderio ofensivo. Aos 19min, por exemplo, Mirallas foi ao campo de ataque pela direita, invadiu a área e cruzou fechando, mas nenhum jogador belga apareceu para completar para o gol.

Aos 22min, o jogador recebeu mais uma vez dentro da área e acabou travado na hora da finalização; na sobra, Mortens, livre, errou o chute e mandou por cima do gol. A resposta sul-coreana surgiu aos 28min, com chute forte de Sung-Yong da intermediária e boa defesa de Courtois. No lance seguinte, Jeong-Ho escorou para o meio da área em cobrança de escanteio, Vertonghen desviou contra a própria meta e Defour, em cima da linha, evitou o gol contra belga.

Aos 42min, a Bélgica ficou com um homem a menos em campo. Defour errou o tempo ao dividir bola com Shin-Wook e, atrasado, enterrou a chuteira na caneca do sul-coreano, que havia dado carrinho. Por essa jogada, recebeu o cartão vermelho direito. Apesar disso, a Coréia do Sul não viu sua missão ficar mais fácil no final do primeiro tempo ou depois do intervalo. O sistema defensivo belga mostrou grande eficiência.

Eficiência defensiva e golpe final belga

A etapa final começou com boa jogada de Keun-Ho Lee, que recebeu passe na lateral da área, limpou a marcação e bateu para defesa de Courtois aos 7min. Aos 13min, a Bélgica chegou com forte chute de Mertens na intermediária e boa intervenção do goleiro Kim Seung-Gyu. Os coreanos chegaram até a acertar o travessão aos 14min, quando Heung-Min Son puxou contra-ataque pela direita e quase surpreendeu a todos ao tentar fazer cruzamento.

Aos 23min, Mirallas cobrou escanteio da direita, Fellaini se adiantou ao marcador, mas cabeceou para fora. Conforme o tempo foi passando na Arena Corinthians, os belgas passaram a focar o contra-ataque na tentativa de garantir o empate. Assim, marcou aos 32min para definir a vitória e a liderança. Os coreanos perderam chance aos 35min, quando Keun-Ho Lee recebeu passe na área e tocou na saída de Courtois, mas errou o alvo.

Hazard, destaque belga que entrou apenas no final do jogo, criou boa oportunidade aos 44min, com chute cruzado que assustou os coreanos e fez o goleiro Seung-Gyu se esticar para fazer a defesa. Já o time asiático, que nos acrésimos já tinha pouca esperança, emendou sequência de escanteios perigosos: Yong Lee quase empatou aos 46min, e, de novo, aos 48min, completando cruzamento de letra, mas Courtois fez boas defesas e garantiu a vitória. 

Tags: avança, belgas, Copa, Mundo, seleções

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.