Jornal do Brasil

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

Esportes - JB na Copa

Torcedor processa Fifa por problemas com ingressos

Empresário recebeu entradas mais baratas e inferiores às que comprou

Jornal do Brasil

O histórico de reclamações contra a Fifa em aquisição de ingressos para eventos da Federação não é uma novidade para os juizados de pequenas causas. Agora, a entidade enfrenta mais uma polêmica. Um torcedor cearense procurou a Fifa após receber ingressos inferiores ao que ele pagou, mas não teve resposta. Ele, então, recorreu ao Procon. Ainda assim, a Federação sequer enviou um representante para a audiência. O caso foi parar no Juizado Especial mas a situação do torcedor não foi solucionada.

O administrador de empresas Paulo Roberto Pinheiro comprou dois ingressos de categoria 1, que são mais caros e dão acessos a lugares com vista privilegiada do estádio. Quando retirou os ingressos, percebeu que eles davam acesso à categoria 2, posicionada atrás do gol e mais baratos do que foi pago. Paulo pretendia assistir ao jogo do dia 29 de junho, em Fortaleza.

Quando chegou ao Juizado Especial, o administrador foi informado que o caso era competência da Justiça Federal. Seguindo a orientação, ele procurou a Justiça Federal, que alegou ser incompetente para resolver a questão.

No site da Fifa, há um regulamento para a compra de ingressos. No documento está escrito que “a localização do assento mostrada no diagrama [um mapa disponibilizado no site] pode estar sujeito a alteração”. Paulo Roberto, contudo, alega que não foi informado com antecedência da alteração. 

Tags: copa do mundo, Fifa, futebol, juizado federal, paulo roberto pinheiro

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.