Jornal do Brasil

Quinta-feira, 31 de Julho de 2014

Esportes - JB na Copa

Seleção do Equador enfrenta atrasos de Porto Alegre ao Rio 

Portal Terra

Não foi nada fácil a vida da delegação do Equador na vinda de Viamão, no Rio Grande do Sul, onde está hospedada, até o Rio de Janeiro, onde enfrenta a França, nesta quarta-feira, pela última rodada do Grupo E da Copa. “Peço desculpas pelo atraso, mas é que enfrentamos muito tráfego até chegar aqui no estádio”, explicou o técnico Reinaldo Rueda aos jornalistas antes da entrevista coletiva.

Nem mesmo os batedores e a escolta da Polícia Federal impediram que o caminho do time, desde o aeroporto até o hotel, em São Conrado, e de lá até o Maracanã, fosse tumultuado e demorado. O treino, que será realizado em São Januário para poupar o gramado do Maracanã, teve que ser transferido para uma hora mais tarde para que os jogadores pudessem descansar.

Mas não foi apenas o trânsito do Rio que atrapalhou a vida do Equador. O voo de Porto Alegre até o Rio teve atraso por conta do grande tráfego aéreo no aeroporto Salgado Filho, cujas vagas para aviões fretados e voos extras vindos da Argentina, acabaram por complicar a vida dos equatorianos.

Memória

Reinaldo Rueda falou também sobre o impacto nos jogadores da lembrança do atacante Benítez, que era titular do time e morreu ano passado de parada cardíaca, no Catar. “Ainda não tocamos no tema durante a Copa do Mundo, mas é certo que o time sente ainda muito a presença dele no espírito da equipe”.

Tags: Copa, maracanã, Mundo, seleções, Voos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.