Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Esportes - JB na Copa

Freguês histórico, Chile tenta reverter sina contra Brasil

Portal Terra

Parece ser a sina do Chile enfrentar a Seleção Brasileira em Copas do Mundo. Pela quarta vez, a equipe vermelha terá o rival sul-americano pela frente. Nas outras três vezes, o retrospecto não foi muito bom: três eliminações, sendo que as duas últimas foram justamente nas oitavas de final, estágio em que vão se encontrar no próximo sábado, às 13h, no Mineirão.

Na primeira fase, o Chile mostrou estar com um time bem preparado e derrotou Austrália e Espanha. Na partida que decidiu a liderança do Grupo B, acabou superado pela Holanda e ficou na segunda posição da chave e no caminho do Brasil.

Após a derrota na Arena Corinthians, os chilenos evitaram falar sobre a Seleção, já que a equipe de Luiz Felipe Scolari ainda não havia confirmado o primeiro lugar do Grupo A. entretanto, se mostraram animados em encerrar a freguesia, já que, segundo Jorge Valdivia, "história está nos museus".

Relembre a seguir os confrontos Brasil x Chile em Copas do Mundo:

1962 - Brasil 4 x 2 Chile

Atual campeão, o Brasil defendeu seu título em solo chileno e perdeu a estrela Pelé nos primeiros jogos por contusão. Coube a Garrincha assumir o posto de principal jogador da Seleção, e, contando com a ajuda de nomes como Vavá e Amarildo, conseguiu o bicampeonato.

A vaga para a final contra a Tchecoslováquia aconteceu após semifinal contra os donos da casa. Jogando no Estádio Nacional, em Santiago, o Chile não conseguiu segurar a superioridade do time brasileiro e foi derrotado por 4 a 2, com gols de Garrincha e Vavá (dois cada).

A partida ainda contou com um dos lances mais polêmicos da história das Copas. O árbitro peruano Arturo Yamasaki expulsou Garrincha por agressão a Eladio Rojas, mas o auxiliar uruguaio Esteban Marino, única testemunha do ato, não foi encontrado para julgamento posterior, então o brasileiro pôde participar da final.

1998 - Brasil 4 x 1 Chile

O meio-campista Arturo Vidal disse recentemente que considera que o atual time do Chile é a melhor geração que o país já teve. A equipe de hoje tem seus méritos, mas o grupo de 1998 contava com uma dupla de ataque de fazer inveja a muita seleção: Ivan Zamorano e Marcelo Salas.

Na primeira fase da Copa da França, a equipe do técnico Nelson Acosta teve dificuldades e passou de fase com três empates. Nas oitavas de final, o adversário foi o Brasil de Taffarel, Dunga, Rivaldo e Ronaldo.

A partida no Parc des Princês, em Paris, foi dolorosa para os chilenos. A Seleção construiu um 3 a 0 logo no primeiro tempo com dois gols de César Sampaio e um de Ronaldo. Salas descontou depois do intervalo em erro de Taffarel, mas o futuro maior artilheiro das Copas (agora empatado com Miroslav Klose) fez o quarto gol da partida, encerrando o placar em 4 a 1.

2010 - Brasil 3 x 0 Chile

A situação encontrada na Copa da África do Sul é similar ao que houve em 1998 e que acontece atualmente. A Seleção teve desempenho irregular na primeira fase, mas conseguiu avançar em primeiro lugar de seu grupo e encontrou novamente o Chile.

Em 2010, a seleção chilena fez uma boa performance na primeira fase e avançou com duas vitórias, sendo que só foi derrotada pela campeã Espanha. Daquele elenco, vários estão no Brasil, entre eles nomes como Arturo Vidal, Jorge Valdivia, Mauricio Islã e Alexis Sánchez.

A partida disputada no Ellis Park, em Johanesburgo, aconteceu sem muitos sustos para o Brasil. A Seleção comandada por Dunga contou com gols de Juan, Luís Fabiano e Robinho para vencer por 3 a 0  Daquele jogo, participaram Daniel Alves, Júlio César, Maicon e Ramires entre aqueles que trazem ao elenco atual do Brasil a lembrança de eliminar o Chile.

Tags: chile, Copa, mata-mata, Mundial, oitavas, seleção

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.