Jornal do Brasil

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

Esportes - JB na Copa

Embalada, Holanda vence em SP e põe Chile na rota do Brasil

Portal Terra

Sem fazer grande atuação na Arena Corinthians, a Holanda aproveitou para embalar de vez no Mundial com vitória pela última rodada do Grupo B da Copa do Mundo de 2014. Com gol de cabeça já nos 15 minutos finais do segundo tempo e outro de contra-ataque nos acréscimos, a seleção holandesa derrotou o Chile por 2 a 0 em São Paulo e terminou na liderança da chave – os sul-americanos serão o adversário do Brasil, caso a Seleção termine na primeira colocação do Grupo A.

Com a vitória, os holandeses mantém os 100% de aproveitamento na Copa do Mundo e terminam na primeira colocação do Grupo B. A seleção europeia, agora, aguarda o adversário nas oitavas de final: enfrentará o segundo colocado da Chave A, que pode ser Brasil, Croácia ou México.

O Chile, por sua vez, fica na segunda colocação, com seis pontos. A seleção sul-americana terá como rival na próxima fase do Mundial de 2014 o primeiro colocado da chave nacional. Caso a Seleção Brasileira cumpra o favoritismo e derrote Camarões logo mais, encarará muito provavelmente os chilenos.

Classificados com uma rodada de antecedência no Grupo B, ambas as seleções não repetiram as atuações exuberantes e frenéticas das duas primeiras rodadas do Mundial. Mesmo assim, o primeiro tempo na Arena Corinthians rendeu bons lances para os torcedores que foram ao estádio. As melhores chances eram holandesas, apesar dos chilenos também levarem trabalho quando eram mais incisivos.

A melhor chance da Holanda no primeiro tempo foi aos 38min: Robben avançou em direção a área, driblou o marcador adversário e concluiu muito perto da meta do Chile. A seleção sul-americana respondeu pouco depois: após cobrança de falta de Díaz, Gutiérrez escorou de cabeça e quase inaugurou o placar.

Mesmo após o primeiro tempo regular, a etapa final caiu ainda mais de produção e contou com poucas emoções no início. O primeiro lance de perigo surgiu em jogada individual de Sánchez apenas aos 19min, quando o jogador do Barcelona passou a bola por baixo da perna de um adversário e chutou para defesa segura do arqueiro da Holanda – no minuto seguinte, Robben deu trabalho em chute de fora da área.

Com pouca criação dos dois lados, Depay tentou resolver de fora da área e arriscou aos 32min para grande defesa de Bravo, que mandou para escanteio. Na cobrança, Fer aproveitou a baixa estatura dos adversários e apareceu sozinho na área para abrir o placar em São Paulo. Após o gol, o Chile se soltou no ataque e manteve a posse da bola, mas não conseguiu se aproximar do empate. De fato, já nos acréscimos, Robben puxou contra-ataque e tocou para Depay só empurrar para as redes. 

Tags: 2014, brasil, Copa, holandeses, Mundo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.