Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

Esportes - JB na Copa

Argélia faz 4 na Coreia do Sul e encerra jejum de 32 anos

Portal Terra

Apesar do sofrimento, a Argélia conseguiu superar a Coreia do Sul, no Beira-Rio, neste domingo e reescreveu sua história em Copas do Mundo. Dominantes no primeiro tempo, os argelinos sofreram na etapa final, mas conseguiram vencer por 4 a 2 e voltaram a triunfar em uma partida de Mundial. O resultado não acontecia desde a edição disputada em 1982, na Espanha.

Em sua estreia na Copa do Mundo, em 1982, a Argélia conseguiu duas vitórias e uma derrota no Grupo 2, sendo eliminada ainda na primeira fase por causa do saldo de gols. Em 1986 e 2010, outras edições que disputou, vieram dois empates e quatro derrotas. Em 2014, os africanos haviam perdido para Bélgica por 2 a 1.

Com esse resultado, a Argélia chega à última rodada precisando apenas de um empate para se classificar em segundo lugar do Grupo H. A vitória é necessária apenas se os coreanos superarem a Bélgica por três gols de diferença. 

Já para A Coreia do Sul a classificação é mais complicada. Se a Rússia superar a Argélia, eles precisam de uma vitória de pelo menos dois gols de diferença. Se argelinos e russos empatarem sem gols, esse número sobe para três.

Em um primeiro tempo de uma seleção só, a Argélia sobrou e construiu sua vitória. Contra uma defesa lenta e desorganizada, os argelinos dominaram e não tiveram dificuldade para atropelar os coreanos e marcarem três gols. O primeiro saiu aos 24min, dos pés de Silmani. O atacante foi lançado, ganhou na corrida e na força dos zagueiros e tocou na saída do goleiro Jung. Três minutos depois Halliche aumentou de cabeça após cobrança de escanteio. Aos 37min veio o terceiro. Slimani entrou na área pela esquerda e serviu Djabou, que concluiu rasteiro no canto esquerdo do goleiro.

Pressão coreana e balde de água fria

No segundo tempo a Coreia do Sul voltou disposta a mudar a partida. Logo aos 6min, Son Heung Min recebeu dentro da área, girou sobre o zagueiro e chutou entre as pernas do goleiro M'Bolhi. Um minuto depois, Koo, livre e em posição irregular, cabeceou para fora.

A pressão coreana era grande e aos 13min quase chegaram ao segundo gol. Ki Sung Yueng arriscou de fora da área e obrigou o goleiro a fazer uma ótima defesa para salvar a Argélia.

Porém, aos 17min, veio o balde de água fria na seleção asiática. Brahimi avançou pelo meio, fez uma bela tabela com Feghouli, recebeu na cara do gol e tocou na saída do goleiro para fazer o quarto gol argelino.

A Coreia ainda teve um último suspiro no Beira-Rio. Após levantamento na área da direita, a bola sobrou para Ho Lee, que cruzou para Koo completar para as redes aos 26min da etapa final. Depois do gol, os coreanos até tentaram impor uma pressão na Argélia, mas não conseguiram mais balançar as redes, o que decretou a derrota dos asiáticos.

Tags: argélia, Copa, futebol, Mundial, partida

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.