Jornal do Brasil

Terça-feira, 29 de Julho de 2014

Esportes - JB na Copa

Vice-prefeita de São Paulo faz vistoria no entorno do Itaquerão

Agência Brasil

Na tarde de hoje (19), a vice-prefeita de São Paulo Nádia Campeão visitou o entorno da Arena Corinthians, o Itaquerão, na zona leste da capital paulista. A intenção era vistoriar e saber como estão funcionando os serviços disponíveis no local para a Copa do Mundo.

Em entrevista à Agência Brasil após a vistoria, a vice-prefeita disse que os serviços hoje estão funcionando “bem melhor que no jogo de abertura", em 12 de junho, quando o Brasil enfrentou a Croácia no Itaquerão. Segundo ela, a prefeitura analisou as falhas ocorridas na primeira partida da Copa e aperfeiçoou os serviços.

Dentre as melhorias, Nádia citou o sistema de sinalização da área, a colocação de banheiros químicos do lado de fora da arena, serviço que, segundo Nádia, não existiu no jogo de abertura, e o reposicionamento das grades da checagem de ingressos para facilitar o fluxo de pessoas na região. Também foram instalados nas duas entradas do estádio, dois postos de informação. “Depois do primeiro jogo, implementamos [estes serviços] e estamos satisfeitos”, disse ela. “Temos uma chegada ao estádio confortável, segura e limpa”, destacou Nádia.

A vice-prefeita também comentou sobre a possibilidade de novo caos no trânsito da cidade, por causa do jogo da seleção brasileira na segunda-feira (23), mesmo dia em que a seleção holandesa enfrenta o Chile na Arena Corinthians, em São Paulo, às 13h. Na última terça-feira (17), quando o Brasil enfrentou o México em Fortaleza, o congestionamento na cidade ultrapassou os 300 km por volta das 15h, trazendo problemas para o torcedor que saiu do serviço mais cedo, de carro, e que pretendia assistir à transmissão do jogo da seleção brasileira. O jogo do Brasil contra a seleção de Camarões acontece às 17h.

Para evitar lentidão no trânsito de São Paulo, o prefeito Fernando Haddad quis decretar feriado na capital na segunda-feira, mas não teve sem sucesso. A saída encontrada então foi ampliar o horário de rodízio para os veículos de placas final 1 e 2 das 7h às 20h e também ampliar o horário de funcionamento das faixas de ônibus. A prefeitura decretou ponto facultativo para o funcionalismo público, exceto para os serviços essenciais.

“São duas coisas diferentes. O jogo na arena é às 13h e o torcedor vai pegar o contrafluxo [sentido de menor lotação no transporte público] tanto na ida quanto na volta, às 15h. A operação está garantida e será tranquila. Outra coisa é quem vai ter que voltar para casa para assistir ao jogo do Brasil às 17h. Isso não vai comprometer a arena. Na volta para casa, deve ocorrer congestionamento, por isso decidimos pelo rodízio o dia todo. A população paulistana deve evitar fazer deslocamentos desnecessários nesse dia, evitar usar o carro e priorizar o transporte público”, disse a vice-prefeita.

Amanhã (20), disse a vice-prefeita, uma nova vistoria será feita no entorno da arena para avaliar se há algo que ainda pode ser melhorado para atender aos torcedores.

Tags: Copa, Mundo, preparação, seleções, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.