Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Esportes - JB na Copa

Reservas e goleiros brasileiros sofrem em treino com chuva torrencial 

Portal Terra

O retorno dos trabalhos da Seleção Brasileira à Granja Comary não foi ajudado pelas condições meteorológicas nesta quinta-feira. Com um temporal no campo 2, os goleiros e os jogadores reservas, junto com Ramires, sofreram com a chuva e o frio de cerca de 10° C em Teresópolis. Os outros nove titulares permaneceram fazendo um treino regenerativo na academia para poupar a musculatura após o desgaste do duelo contra os mexicanos, na ultima terça-feira, em Fortaleza.

Durante a atividade quem foi a campo, como já era de se esperar, e quem mais suou foram os goleiros, que desde o início às 16h (de Brasília) fizeram um trabalho de defesa de finalizações bem forte com o preparador Carlos Pracidelli.

Já os reservas iniciaram com um treinamento diferente, no qual nove atletas ficavam de mãos dadas em uma espécie de corrente tentando impedir que os outros dois escapassem.

Depois disso, Felipão dividiu o grupo em duas equipes. Uma com seis atletas com colete e outra com cinco sem coletes. Eles fizeram um rápido treino de dois toques que não durou 15 minutos. Em seguida, os reservas fizeram um treinamento físico mais pesado com o preparador físico Paulo Paixão.

Este foi sem dúvida o dia mais frio que a Seleção Brasileira enfrentou desde que chegou à Granja Comary. A escolha de Teresópolis propicia esse "choque térmico" de sair de jogo com temperatura acima dos 30º, como enfrentou em Fortaleza, para dias gelados como esta quinta-feira na região serrana do Rio de Janeiro.

Tags: brasil, Copa, Mundo, preparação, seleção

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.