Jornal do Brasil

Quinta-feira, 21 de Agosto de 2014

Esportes - JB na Copa

Feriado tem promessa de bom futebol em jogo de sensações

Portal Terra

Em uma primeira fase repleta de clássicos, o jogo Costa do Marfim x Colômbia está longe de ser o mais esperado da Copa do Mundo. Mas o duelo marcado para as 13h (de Brasília) desta quinta-feira, no Estádio Mané Garrincha, tem atrativos de sobra para agradar o torcedor no primeiro jogo do feriado de Corpus Christi, começando pela promessa de bom futebol. 

Os colombianos tiveram uma estreia avassaladora diante da Grécia: vitória por 3 a 0 e elogios por um futebol ofensivo, com controle da bola e variações. Desempenho digno de um cabeça-de-chave, privilégio obtido pelos colombianos graças à mudança de critério que passou a levar em consideração o ranking da Fifa.

Assim, os colombianos chegam à quinta Copa da história confiantes em ultrapassar inclusive a barreira das oitavas, limite da campanha de 1990. Nem mesmo a lesão de Falcao tirou a boa expectativa de uma seleção que fez uma Eliminatórias segura e tem jogadores atuando em grandes clubes do mundo.

“A Colômbia sempre teve uma boa base de futebolistas, muitas virtudes, que passam como experiência. Cresceu a confiança e há uma união entre jogadores que torna mais solido este trabalho”, disse o técnico Jose Pekerman, que dirigiu a Argentina em 2006.

Do outro lado, a Costa do Marfim tem pela primeira vez a chance real de alcançar as oitavas de final em sua terceira Copa do Mundo seguida. Prejudicada por chaves difíceis em 2006 e 2010, os marfinenses venceram o Japão de virada na estreia com um futebol também vistoso principalmente no segundo tempo, combinando velocidade com boa técnica.

Todos os 23 jogadores da Costa do Marfim atuam na Europa, muitos em clubes de primeira linha. Yaya Touré defende o Manchester City, Gervinho a Roma e Kolo Touré o Liverpool. Não à toa a seleção é considerada a mais forte entre as africanas no Brasil.

O técnico francês Sabri Lamouche acredita que pode ser a Costa do Marfim a seleção do continente a romper o limite das quartas. “É o objetivo de todas as seleções, mas nunca passamos de umas quartas. Somos muito talentosos, mas é apenas a nossa terceira vez na Copa. A Espanha ganhou pela primeira vez em 2010”, comparou.

Atrações

Drogba é a principal atração da Costa do Marfim, mas não tem escalação garantida. A tendência é que o técnico Lamouche escale a estrela de titular, mas ele esconde o jogo. Na estreia, o atacante começou no banco por opção técnica, mas entrou no segundo tempo e, mesmo sem participação direta, foi considerado fundamental para a virada.

Do lado colombiano a ausência de Falcao Garcia aumentou os holofotes no meia Jose Guillermo Cuadrado. O jogador da Fiorentina está sendo observado pelo Barcelona, e segundo o técnico José Pekerman está pronto para o desafio.

“É um jogador que está em crescimento permanente. Cada vez que nos encontramos ele melhora mais. Está se superando tanto no clube quanto na seleção. Não tenho dúvidas de que ele está preparado para estar em um grande clube do mundo e não precisa da Copa para isso”, afirmou.

Brasília colombiana

A Colômbia vai jogar em casa. São esperados mais de 10 mil torcedores do país em Brasília e as ruas da capital federal já estão repletas de fãs. Mas o técnico da Costa do Marfim dá de ombros. “Nenhum torcedor vai entrar em campo e marcar um gol”, disse Lamouche.

FICHA TÉCNICA

COLÔMBIA X COSTA DO MARFIM

Local: Mané Garrincha, em Brasília (DF)

Data: 19 de junho de 2014, quinta-feira

Horário: 13h (de Brasília)

Árbitro: Howard Webb (ING)

Assistentes: Michael Mullarkey e Darren Cann (ING)

COLÔMBIA: Ospina; Zapata, Yepes, Sanches e Armero ; Zuniga, Aguilar, James Rodriguez e Cuadrado; Ibarbo e Gutierrez Técnico: José Pékerman

COSTA DO MARFIM: Boubacar; Aurier, Zokora, Bamba e Boka; Tioté, Serey Die e Yaya Touré; Gervinho, Kalou e Bony (Drogba) Técnico: Sabri Lamouch

TEMPO

A previsão para a tarde de quinta-feira em Brasília é de dia nublado, mas sem chuvas. Saiba mais sobre o tempo em Brasília aqui. 

TRÂNSITO

A recomendação do Comitê Organizador Local é que o torcedor vá de transporte público, mas caso você torcedor resolva ir de carro ou ônibus, acompanhe aqui as informações do trânsito em tempo real.

SAIBA QUAIS ITENS SÂO PROIBIDOS DE LEVAR AO ESTÁDIO

O torcedor que vai ao Castelão deve ficar atento aos itens que são proibidos nos estádios durante as partidas da Copa do Mundo de 2014. São eles:

- armas de qualquer tipo ou objetos que possibilitem a prática de violência;

- qualquer coisa que possa ser usada como arma ou para cortar, apunhalar ou esfaquear, ou como um projétil, especialmente guarda-chuvas longos ou guarda-sóis e outros objetos similares;

- garrafas, copos (exceto copos de plástico), jarras, latas ou qualquer outra forma de recipiente fechado, de qualquer tipo, que possa ser atirado e causar lesões, bem como outros objetos feitos de vidro ou qualquer outro material frágil, estilhaçável ou especialmente duro, embalagens Tetrapak ou caixas térmicas duras;

- fogos de artifício, sinalizadores, bombas e outros artifícios de fumaça e outros engenhos pirotécnicos ou dispositivos que produzam efeitos similares;

- líquidos de qualquer tipo (inclusive bebidas alcoólicas ou não), exceto se adquiridos dentro do Estádio, em copos de plástico, e em conformidade com os procedimentos de segurança aplicáveis aos Eventos;

- alimentos de qualquer tipo, exceto se adquiridos dentro do Estádio ou se forem alimentos especiais para diabéticos;

- narcóticos ou estimulantes;

- materiais relativos a causas ofensivas, racistas ou xenófobas, tema de caridade ou ideológico, incluindo mas não se limitando a cartazes, bandeiras, sinais, símbolos e folhetos, objetos ou roupas, que possam interferir com o aproveitamento do Evento por outros espectadores, tirar o foco desportivo do Evento ou que estimulem qualquer forma de discriminação;

- mastros de bandeiras ou de cartazes de qualquer tipo. Apenas mastros de plástico flexíveis e os chamados mastros duplos que não excedam 1 metro de comprimento e 1 cm de diâmetro e que não sejam feitos de material inflamável são permitidos;

- cartazes ou bandeiras maiores do que 2m x 1m50. Bandeiras e cartazes menores são permitidos, desde que sejam feitos de material considerado pouco inflamável, cumpram as regras e padrões nacionais e não sejam de outra forma proibidos nos termos deste Código de Conduta no Estádio;

- quaisquer tipos de animais, exceto os cães guia. Neste caso, o Visitante do Estádio que pretenda entrar no Estádio acompanhado de um cão guia dentro, deverá apresentar os documentos brasileiros originais, ou cópia autenticada dos mesmos, que (i) comprovem sua deficiência visual; e (ii) comprovem a qualificação do cão como cão guia, nos parâmetros estabelecidos pelas normas aplicáveis.

- quaisquer materiais promocionais ou comerciais, incluindo mas não se limitando a cartazes, bandeiras, sinais, símbolos e folhetos ou qualquer tipo de objeto, material ou roupa promocional ou comercial;

- bolas infláveis, tigelas e projéteis, independente do tamanho;

- latas de spray de gás, substâncias corrosivas, inflamáveis, tintas ou receptáculos contendo substâncias que são prejudiciais à saúde ou altamente inflamáveis. Isqueiros comuns de bolso para cigarros são permitidos;

- objetos volumosos tais como escadas, bancos, cadeiras dobráveis, caixas, recipientes de papelão, sacolas grandes, mochilas, malas e bolsas esportivas. “Volumoso” significa quaisquer objetos que sejam maiores do que 25cmx25cmx25cm e que não possam ser guardados embaixo dos assentos no Estádio;

- grandes quantidades de papel e/ou rolos de papel;

- instrumentos que produzam volume excessivo de barulho, tais como megafones, sirenes ou buzinas a gás;

- qualquer instrumento musical, independente do tamanho, inclusive vuvuzelas; - instrumentos que emitam raios laser, apontadores a laser ou instrumentos similares; - grandes quantidades de pó, farinha e substâncias similares;

- câmeras (exceto para uso privado e, neste caso, com apenas um conjunto de pilhas sobressalentes ou recarregáveis), quaisquer tipos de câmeras de vídeo ou outros equipamentos de gravação de som e vídeo;

- computadores pessoais e outros dispositivos (incluindo, por exemplo, laptops ou PC tablets) usados para os fins de transmissão ou disseminação de sons, imagens, descrições ou resultados dos eventos pela internet ou outros meios; e

- outros objetos que comprometam a segurança pública e/ou prejudiquem a reputação do Evento, conforme avaliação ao exclusivo critério das Autoridades da Copa do Mundo da Fifa

Tags: Brasília, christi, COLÔMBIA, Copa, corpus, Costa, marfim

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.