Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

Esportes - JB na Copa

Bogotá adota Lei Seca nas comemorações do jogo da seleção colombiana

Agência Brasil

Após a morte de dez pessoas e pelo menos três mil brigas de torcedores registradas em Bogotá, no último sábado (14), depois do jogo de estreia da seleção colombiana na Copa do Mundo, a prefeitura da capital decidiu adotar a Lei Seca hoje (19), aumentar o policiamento nos locais públicos de exibição da partida, e mudar o horário de rodízio de carros. A Colômbia enfrenta daqui a pouco a Costa do Marfim, em Brasília.

Inicialmente, a prefeitura de Bogotá havia decidido que não adotaria a Lei Seca para o jogo de hoje, mas o prefeito da capital, Gustavo Petro, optou pela medida desde as 18h de ontem até as 18h de amanhã (20). O fator determinante foi a comemoração do 68º Aniversário da equipe de Millionarios, time da capital.  Para celebrar a festa, cerca de 40 mil torcedores bloquearam avenidas de acesso à bairros da região Sul de Bogotá e no centro da cidade.

No Twitter, Petro justificou a medida, dizendo que além das mortes causadas após a partida de sábado, muitas pessoas ficaram feridas. “Tivemos em Bogotá, 110 feridos após o jogo e ontem 32 feridos na festa do Millionarios”, escreveu.

Também na rede social, o prefeito desejou que a celebração de hoje seja civilizada. “Esperamos à festa de futebol em paz, rejeitamos à  violência”, afirmou. Os colombianos têm como costume festejar partidas de futebol, jogando espuma e farinha nas pessoas. O taxista Juan Pablo Herrera disse à Agência Brasil, que teve problemas para trabalhar após a vitória da seleção colombiana no sábado.

“A festa começou bem legal, após quatro horas do termino do jogo  as pessoas continuavam nas ruas, bebendo e fazendo brincadeiras com farinha e espuma”, contou. E completou: “O problema é que muitos se embriagaram, começaram a bloquear carros e atacar as pessoas que não estavam participando da brincadeira”, disse. 

Antes dos distúrbios ocorridos na comemoração do Millionarios, a prefeitura não havia decretado Lei Seca, para hoje. O prefeito havia dito que apostaria na  autorregulação  do consumo de bebida alcoólica.

O rodízio de carros que ocorre usualmente após as 9h até as 15h, foi estendido até as 7h da noite. Também haverá policiamento reforçado em várias regiões da cidade, especialmente nos locais públicos em que há exibição de jogos em telões.

A imprensa colombiana também lançou uma campanha para incentivar torcedores a comemorarem com moderação e destacou regras de convivência. Se você gosta de celebrar com farinha, lembre-se que nem todos têm o mesmo plano, diz o manual publicado em jornais locais.

No começo da manhã de hoje, muitos colombianos foram trabalhar vestidos com uniformes da seleção colombiana. Alguns torcedores já estão concentrados em espaços públicos de exibição da partida.

Tags: bogotá, brigas, futebol, gustavo petro, mortos, violência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.