Jornal do Brasil

Quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

Esportes - JB na Copa

Com sustos, Holanda vira contra Austrália e encaminha vaga

Portal Terra

O Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, quase foi palco de uma zebra na tarde desta quarta-feira. A Holanda, seleção que massacrou a campeã mundial Espanha na estreia da Copa do Mundo, sofreu para vencer a Austrália, em partida que teve duas viradas de placar, pênalti polêmico e lances de emoção. Por fim, os holandeses fizeram 3 a 2 e encaminharam a classificação às oitavas de final.

Com o resultado, o time dirigido por Louis Van Gaal chega aos 6 pontos em dois jogos, o que faz com que dependa apenas de um empate na última rodada para avançar à fase de mata-mata da Copa do Mundo. Os australianos, por sua vez, vão depender de combinação de resultados, já que ainda não pontuaram na competição

A rodada do Grupo B da Copa do Mundo será completada às 16h (de Brasília), quando Espanha e Chile entram em campo no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ). As equipes encerram a primeira fase na próxima segunda-feira, às 13h. Os australianos jogam contra os espanhóis na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). Já os holandeses encaram os chilenos na Arena Corinthians, em São Paulo (SP).

Depois de massacrar a Espanha na estreia da Copa, os holandeses entraram em campo no Beira-Rio demonstrando confiança. Não demorou para o time começar a ameaçar o adversário. Aos 16min, a primeira chance real veio em cruzamento de Robben e cabeçada de Van Persie. Aos 19min, Robben escapou da marcação de Wilkinson, invadiu a área em velocidade e bateu cruzado para abrir o placar.

Empate australiano foi imediato

O que poderia ser o prenúncio de outra apresentação memorável virou surpresa quando, no lance seguinte, após a saída de bola, os australianos empataram. McGowan fez lançamento pelo alto, e Cahil, de primeira, chutou de esquerda e com força – a bola pegou no travessão antes de pingar dentro do gol. No restante do primeiro tempo, o time da Oceania tratou de provar que o empate não foi um acaso na partida.

Aos 30min, por exemplo, Leckie cruzou por baixo e Bresciano quase fez o segundo, mas chutou por cima do gol. Aos 32min, a zaga holandesa parou em falta cobrada na área, e Spiranovic, sozinho, chutou fraco demais e permitiu a Cillessen a defesa. A seleção holandesa, por sua vez, encontrou dificuldades para manter o ritmo bom em campo e encerrou o primeiro tempo também preocupada em se defender.

Pênalti polêmico e reviravolta

No segundo tempo, a partida ficou ainda mais quente em Porto Alegre. Logo aos 6min, Bozanic invadiu a área holandesa pela esquerda e tentou cruzamento; a bola bateu no braço de Janmaat, e o árbitro argeliano Djamel Haimoudi deu o pênalti polêmico. Na cobrança, Jedinak acertou o canto direito e virou o placar. O empate holandês, no entanto, também foi “relâmpago” e saiu cinco minutos mais tarde.

Holanda saiu na frente do marcador

Aos 12min, Depay encontrou Van Persie totalmente livre dentro da área, e o atacante precisou apenas chutar forte, sem chance para o goleiro australiano. O time da Oceania não ficou atrás: saiu para o ataque e teve a chance de marcar aos 21min, quando se aproveitou de uma saída errada da defesa adversária: Oar ficou em grande condição na esquerda da área, mas preferiu cruzar para finalização de ombro de Leckie, fácil para a defesa de Cillessen.

No lance seguinte, os holandeses marcaram a viraram o placar mais uma vez. Depay recebeu no campo de ataque e, de longe, arriscou chute rasteiro. O gol saiu porque o goleiro Ryan tentou espalmar, mas errou e acabou aceitando o gol. A Austrália terminou a partida tentando forçar o ataque, mas sempre à mercê do adversário. Nenhum outro gol saiu em Porto Alegre, no entanto. A Holanda venceu e está perto da vaga.

Tags: 2014, brasil, Copa, holandeses, Mundo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.