Jornal do Brasil

Quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Esportes - JB na Copa

Sampaoli: Espanha não deixou de ser a melhor do mundo

Portal Terra

O segundo do jogo do Maracanã na Copa do Mundo é uma decisão para Espanha. Mas também para Chile. Para o técnico Jorge Sampaoli o jogo é transcendental para os dois. “A experiência da Espanha vai fazer com que superem o que aconteceu com Holanda. Não deixaram de ser os melhores do mundo”, afirmou o argentino que dirige o Chile, admitindo que depois da estreia mudou alguma coisa no jeito como vai pensar a forma de seu time jogar. “Temos um jeito de jogar desde que chegamos e apesar do rival que temos não podemos mudar muito”, completou.

Para a equipe chilena, eliminar o atual campeão do mundo seria histórico. “Vamos enfrentar um time mais do que necessitado. Mas vai ser importante para os dois”, disse Sampaoli, que evita falar em empate, que não seria de todo mal para sua equipe. “Precisamos buscar um resultado que nos dê a classificação”, declarou, enfático.

Sampaoli durante toda a entrevista coletiva fez questão de elogiar seu adversário, dizendo que a Espanha não mereceu perder por 5 a 1 para a Holanda. “Dominou e foi superior no primeiro tempo. A derrota foi um castigo excessivo. Mas o que sei é que o jogo vai ser eletrizante e as propostas de cada time vão fazer com que a partida seja muito atraente para o público”, avaliou. Para o treinador, a Espanha segue sendo candidata ao título. “As críticas não me pareceram justas”, afirmou, admitindo que o cansaço dos jogadores espanhóis possa beneficiar seu time.

A avaliação da Copa do Mundo até aqui por parte do técnico da seleção chilena é bem diferente de todas as outras ouvidas até aqui. “É um Mundial muito parecido com os anteriores. Não há muita evolução porque o futebol tem menos craques e sinto que a todo mundo lhe custa muito ganhar um jogo. Mas é uma Copa do Mundo muito competitiva”, concluiu. Sobre enfrentar a Espanha em um momento como esse, disse que jogar contra os espanhóis nunca é em um bom momento. “As circustâncias são que eles jogam uma final para ficar e nós, uma final para nos classificarmos”. Parece até fácil. 

Tags: chile, Copa, Espanha, jogo, partida

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.