Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

Esportes - JB na Copa

Felipão nega frustração e vê evolução de 10% após empate

Portal Terra

O empate da Seleção Brasileira por 0 a 0 com o México no Castelão, na segunda rodada do Grupo A da Copa do Mundo, deixou o técnico Luiz Felipe Scolari satisfeito. Apesar do tropeço, o treinador avaliou o desempenho como bom e notou evolução em relação à estreia contra a Croácia, na qual o Brasil venceu por 3 a 1. Para Felipão, não restou frustração em Fortaleza (CE).

"Na minha opinião - mas essa é a minha opinião, não é a de vocês nem dos críticos -, o time jogou melhor do que contra a Croácia. Evoluiu, no mínimo, 10%", disse Scolari, ao negar que o empate seja frustrante para a Seleção. Em campo, a equipe criou pelo menos quatro chances claras de gol, mas viu o goleiro Ochoa se destacar com defesas difíceis. Por outro lado, chegou a levar pressão do adversário.

"Fiquei feliz com o que vi, até porque temos a mania de achar que os outros não jogam nada. Nós, no Brasil achamos que o México... Eles fizeram mais ou menos o mesmo jogo que nós. Não foram uma equipe que ficou lá atrás. Acho que, para nós, não foi o resultado que queríamos, mas estou contente com a evolução que vi", opinou Felipão.

O técnico ainda demonstrou irritação ao comentar sobre a possível dependência dos jogadores no desempenho de Neymar. Nesta terça, estrelas da Seleção como Oscar tiveram desempenho apagado, e só o camisa 10 levou perigo - incluindo aí as quatro chances que passaram por seus pés, duas delas em chutes ao gol.

"Neymar não ganha sozinho, Neymar não perde sozinho. Faz parte do grupo", afirmou Felipão. "Dentro do grupo, ele tem um potencial algumas vezes superior do que em relação a outros atletas e determinadas situações. Todos sabemos disso. Mas ele faz parte do grupo. Vamos trabalhar para, com Neymar ou sem Neymar, com ele mais marcado ou menos, podermos criar chances de marcar", complementou.

Tags: brasil, Copa, jogo, México, técnico

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.