Jornal do Brasil

Sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

Esportes - JB na Copa

Costa do Marfim reage após entrada de Drogba e derrota Japão

Portal Terra

Com problemas físicos, o artilheiro Didier Drogba, 36 anos, começou a partida entre Costa do Marfim e Japão no banco de reservas e viu seu time ficar atrás no placar até os 17min do segundo tempo, quando foi colocado em campo pelo técnico Sabri Lamouche e incendiou os marfinenses no gramado da Arena Pernambuco, em Recife. Dando novo ânimo para seus companheiros de equipe, o centroavante contribuiu para a vitória de virada deste sábado por 2 a 1, no primeiro jogo de ambas as seleções no Grupo C da Copa do Mundo.

Honda fez o único gol japonês, enquanto Bony e Gervinho descontaram para os africanos de cabeça. Terminada a primeira rodada da chave, a Costa do Marfim ocupa a segunda posição, atrás da líder Colômbia, que mais cedo bateu a Grécia por 3 a 0 e leva vantagem no saldo de gols para ficar na ponta. O Japão está na terceira colocação, seguido dos gregos.

Na segunda rodada do Grupo C do Mundial, os marfinenses viajam até Brasília para enfrentar a Colômbia em um confronto direto pela primeira posição. A partida está agendada para a próxima quinta-feira, dia 19, às 13h (de Brasília). No mesmo dia e horário o Japão encara a Grécia em Natal, em jogo marcado para as 19h.

A Costa do Marfim começou melhor a partida. Esbanjando vigor físico e velocidade, os africanos ficaram perto do primeiro gol aos 5min, quando Bony foi enfiado por Gervinho em um contra-ataque e foi travado na finalização por Morishige, que evitou que Kawashima fosse exigido.

Pouco efetivo com a bola rolando, o Japão deu um susto aos 12min, em uma cabeçada de Okazaki que parou nos pés de Kagawa. A bola continuou na posse dos japoneses, que desta vez não desperdiçaram. Honda recebeu na entrada da área, puxou para dentro e fuzilou à direita de Barry, abrindo o placar para os nipônicos.

Espertos nos desarmes, os japoneses ficaram perto do segundo aos 20min, quando Uchida avançou pela direita, se livrou da marcação e carimbou o goleiro marfinense. A seleção africana continuou atacando mais, mas sentiu falta do centroavante Drogba, já que circulou a grande área dos asiáticos, mas não conseguia penetrá-la ou finalizar com precisão.

Liderando os marfinenses em campo, Yaya Touré participava da maioria das jogadas e era o encarregado das cobranças de faltas diretas, nas quais não teve sucesso. O meio-campista do Manchester City armou a equipe para uma pressão no final da primeira etapa, mas insuficiente para alcançar o empate.

O Japão voltou melhor dos vestiários da Arena Pernambuco, chegando com perigo à área de Barry, apesar de não conseguir boas finalizações. Repetindo o que fez na etapa inicial, a Costa do Marfim tinha dificuldades de penetrar na defesa japonesa, algo que mudou imediatamente com a entrada de Drogba, ainda que o artilheiro não estivesse 100% fisicamente. No seu primeiro lance em campo, aos 16min, o camisa 9 arrancou pela direita, rolou de calcanhar para Gervinho, que foi travado mais uma vez no momento do chute.

Três minutos depois, os marfinenses conseguiram o esperado empate. Yaya Touré abriu para Aurier na lateral direita, que cruzou na medida para Bony balançar as redes de Kawashima. No minuto seguinte, em uma jogada idêntica, os africanos viraram com Gervinho, que cabeceou bola lançada por Aurier e contou com falha do goleiro nipônico para fazer o segundo.

Pela primeira vez atrás no placar, os japoneses tiveram que se soltar em busca de novo empate, tomando cuidado com o ímpeto que a entrada de Drogba injetou na Costa do Marfim. Superada na parte física, a seleção asiática não conseguiu a reação necessária e viu os marfinenses ficarem mais próximos do terceiro gol, embora não tenham conseguido alcançá-lo.

Tags: copa do mundo, costa do marfim, Japão, partidas, resultado

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.