Jornal do Brasil

Quarta-feira, 17 de Setembro de 2014

Esportes - JB na Copa

Casa de Colin Firth se divide para Itália x Inglaterra

Agência ANSA

O que acontece na casa de um ator inglês vencedor do Oscar e casado com uma mulher italiana quando as duas seleções se enfrentam em uma Copa do Mundo? "Simples, eu torço para a Itália e Colin para a Inglaterra, e com os nossos filhos chegamos a um acordo: no primeiro tempo torcerão para a Inglaterra e no segundo, para a Itália", respondeu à Ansa por telefone em Londres Livia Giuggioli, casada há 17 anos com Colin Firth, premiado com a célebre estatueta em 2011 pela interpretação em "O Discurso do Rei".    

"Assistiremos à partida em casa com amigos norte-americanos, que não são muito interessados em futebol, mas eu torcerei até a morte para a Itália. E Colin, obviamente, para a Inglaterra. Luca e Matteo, por outro lado, deverão dividir igualmente a torcida, um tempo para cada equipe", diz Livia, desmentida rapidamente por Matteo, de quase 11 anos, que anuncia seu apoio aos ingleses.    

Luca, por sua vez, com a sabedoria de um irmão mais velho e dos seus 13 anos, confirma as palavras da mãe. "Aqui em casa torcemos para o Arsenal desde quando Colin gravou 'Febre de Bola', um filme que representa uma reviravolta na sua carreira profissional e que o fez se apaixonar pelo futebol. Antes ele não acompanhava muito", revela Livia pelo telefone, enquanto o marido dirige.    

O longa tem status de cult para os amantes do futebol e foi tirado do romance homônimo de Nick Hornby em 1997. O mesmo ano em que Livia e Colin se casaram. E, quase em sinal de reconhecimento, toda a família anglo-italiana tornou-se fiel às cores do Arsenal, time do qual o protagonista do filme, Paul Ashwort (interpretado por Colin), é um torcedor fanático.

Livia, empreendedora à frente da Eco Age e Green Carpet, linha de roupas usada pelas estrelas nos mais importantes tapetes vermelhos do mundo, incluindo a noite do Oscar, confessa não ter uma equipe de coração na Itália, mas revela uma simpatia pela Roma, cidade onde nasceu e viveu antes de se casar com Colin e ir para Londres.    

"Será uma noite de grande torcida, esperamos também que seja uma bela partida. Claro que jogar em Manaus, com aquele calor, não sei como eles vão fazer...", afirma Livia antes de despedir-se. Aconteça o que acontecer, o clássico na casa dos Firth será uma vitória. Esperamos que para Livia.

Tags: cinema, colin firth, copa do mundo, Oscar, Torcida

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.