Jornal do Brasil

Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Esportes - JB na Copa

Torcedores passam pela Arena Corinthians na tentativa de ver treino da seleção

Portal Terra

Centenas de pessoas, de várias nacionalidades, caminhavam pela lateral da Arena Corinthians, o Itaquerão, na tarde de hoje (11), para conhecer o estádio do lado de fora ou até tentar ver a seleção brasileira, que, daqui a pouco, fará ali uma sessão de treinamento. 

Muitos torcedores do Corinthians, clube que é proprietário da arena, também foram visitar o local nesta tarde. O clima era de alegria, amizade e descontração. Vendedores ambulantes aproveitaram a ocasião para vender camisetas da seleção e bandeiras do Brasil, além de chapéus coloridos. Havia também uma estátua viva, tentando atrair turistas. Amanhã (12), somente vendedores credenciados pela Federação Internacional de Futebol (Fifa) poderão ficar na região.

O montador Hélio Souza Rocha, que se identificou como "brasileiro e corintiano”, foi um deles. Rocha disse à Agência Brasil, que pretendia ver o treino da seleção, mas não teve sucesso. “É só para credenciado”, explicou o montador. Ele acredita que a seleção brasileira conquistará mais um título da Copa do Mundo este ano. “Eu conheci isso aqui [local onde está instalada a arena] ainda um buraco. E agora estou vendo isso aqui. Estou muito feliz. E hoje está repleto de gente.”

Outro torcedor brasileiro, e também corintiano, era o profissional autônomo Lori Silva, que foi ao local para ver a seleção. “A Copa no Brasil é tudo. Apesar de acontecerem algumas coisas no país, precisamos apoiar o Brasil nesta hora. Podem acontecer algumas coisas [problemas] políticas, mas brasileiro nessa época é festivo e abraça a causa", afirmou Silva. Para ele, o pessoal será educado nesta hora para valorizar a Copa no Brasil.

Entre os torcedores que visitaram a arena nesta quarta-feira, muitos eram colombianos. Um deles era o engenheiro mecânico Miguel Díaz, que estava com vários amigos. “Estamos aqui [na Arena Corinthians] vendo como vai ser tudo, porque amanhã [12] vamos para Belo Horizonte, vamos nos preparar para ver o jogo da Colômbia”, disse ele. Em sua primeira partida no Mundial, a Colômbia enfrentará a Grécia sábado (14) à tarde, na capital mineira.Díaz acredita que a seleção colombiana vai “chegar longe” na Copa. “Creio que podemos chegar à final”, disse ele, sorrindo. Díaz não teme a ocorrência de manifestações violentas nas proximidades dos estádios durante a Copa. “Percorremos vários lugares e não vimos nada”, ressaltou o colombiano, que considera o Brasil “muito lindo”. Vai ser um excelente campeonato, acrescentou.

O médico mexicano Jaime Alberto Barranco também veio ao Brasil “para seguir a seleção” de seu país. Ele pretende ver os jogos em Natal, no Recife e em Fortaleza. “Esperamos chegar longe, mas é difícil porque há seleções muito boas. O Brasil, jogando em casa, pode ser perigoso”, enfatizou Barranco. Sobre as manifestações, destacou que ainda não viu nada até o momento e que não teme que sejam violentas. “Até agora não vimos nenhuma e esperamos não vê-las.”

Amanhã (12), as 17h, a Arena Corinthians será palco do jogo de abertura da Copa do Mundo, quando a seleção brasileira enfrenta a Croácia, pelo Grupo A da competição.

Tags: 2014, brasil, Mundial, seleção, treino

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.