Jornal do Brasil

Segunda-feira, 28 de Julho de 2014

Esportes - JB na Copa

Em carta, Dilma diz que talento da Seleção basta para o hexa

Portal Terra

Numa carta endereçada à Seleção Brasileira, a presidente Dilma Rousseff desejou votos de “fé e confiança” na equipe e fez menção à tradição brasileira de futebol como inspiração aos jogadores, técnicos e integrantes da comissão técnica. Para a presidente, se cada jogador jogar o que sabe, já é suficiente para que a equipe vença seu sexto título mundial.

“Meus votos são de que cada um jogue o que sabe. É o suficiente para a vitória. Estarei junto com todo o Brasil torcendo por todos e cada um de vocês”, disse a presidente. “Faço questão de mandar meus votos de fé e confiança, nesta hora em que vocês representam a grande tradição e a fabulosa história do nosso futebol”, afirma Dilma em outro trecho da correspondência.

De acordo com a presidente, “o mundo sabe” que o time comandado por Luiz Felipe Scolari, é o melhor. “(Vocês – a Seleção) Pertencem a uma linhagem de atletas e treinadores que transformaram o jogo de cintura dura, inventado pelos ingleses, em uma nova forma de arte”, diz.

A correspondência da presidente à Seleção brasileira foi enviada na última segunda-feira (9). Na ocasião, o time estava concentrado na Granja Comary (Teresópolis, RJ), onde, além de treinos, teve palestras motivacionais.

Dilma fez referências a vitórias e ídolos do passado como inspiração para o time. “Confiem em seus talentos, meus queridos jogadores, e olhem para trás e vejam-se no talento de Friedenreich, Fausto, Domingos, Leônidas, Zizinho, Nílton Santos, Didi, Garrincha e, naturalmente, o Rei Pelé”. Ela acrescentou a experiência de Felipão e Carlos Alberto Parreira como fatores que “aumentam a nossa certeza de que faremos bonito nesta Vigésima Copa”.

Tags: coragem, correspondência, presidente, seleção, votos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.