Jornal do Brasil

Sábado, 26 de Julho de 2014

Jandira Feghali

Erros em ciclo

*Jandira Feghali

É desesperador que inúmeras famílias fluminenses enfrentem constantemente a dor e o sofrimento num ciclo vicioso. Mais recente é a morte da trabalhadora Cláudia Ferreira que nos choca. Envolta em tragédia, a cidadã é mais uma vítima da ingerência perpetrada pelo Estado em diferentes faces. Baleada dentro do Morro da Congonha, em Madureira, a mãe de quatro filhos é levada precariamente por policiais no porta-malas da viatura. A caminho do hospital, seu corpo despenca do carro e tomba no asfalto, sendo arrastado por 250 metros.

Também nos solidarizamos ao oficial Leidson Acácio, subcomandante da UPP da Vila Cruzeiro e que fora assassinado por traficantes durante patrulhamento no Parque Proletário. Um jovem jogado ao front da batalha contra o impiedoso tráfico de drogas carioca.

É inaceitável que famílias inteiras se desfaçam prematuramente e de modo tão cruel. Cláudia, negra, pobre e moradora da periferia. Leidson, negro, policial e arremessado prematuramente à guerra contra o narcotráfico. Duas vidas interrompidas por um Governo que não planeja sua polícia, funcionando ao compasso da violência e da inabilidade.

Talvez, Cláudia e Leidson pudessem estar vivos hoje se a corporação tivesse o preparo necessário que a principal força da segurança pública exige. Não basta que neste momento o Estado informe que o BOPE treinará policiais destacados em UPP’s de alta periculosidade. Ou que se faça o pesar pela morte da cidadã, que portava apenas R$ 4 para compra de um pão. É preciso ir além.

A sociedade está cansada e combalida demais pelos erros públicos que se avolumam ao longo da história. E é por conta deles que o povo não admite mais fracassos do Estado e de todas as instituições democráticas que o compõem. Faz-se urgente uma mudança estrutural na relação das forças de segurança com o povo para investigar e punir, de forma preparada e humanizada.

É preciso encerrar o ciclo de erros que se repetem e provocam ausências, abraços e afetos perdidos. Mães, pais, filhos e irmãos representados por Cláudia Ferreira – mulher simples e trabalhadora.

*Jandira Feghali é médica, deputada federal pelo PCdoB-RJ e líder da bancada na Câmara. 

Tags: avolumam, cansada, combalida, erros, longo, públicos, Sociedade

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.