Jornal do Brasil

Terça-feira, 17 de Julho de 2018 Fundado em 1891

Internacional

Walt Disney amplia oferta pela Fox

Jornal do Brasil

A batalha pelo controle Fox ganhou vigor nesta quarta-feira, quando a Walt Disney elevou sua oferta a 71,3 bilhões de dólares para superar a Comcast - num contexto de reorganização dos grupos, sob pressão do Vale do Silício.

A nova oferta foi feita depois da de 14 de junho anunciada pela Comcast, que alcançou 65 bilhões.

A Disney aponta que o conselho das duas empresas aprovou sua nova propostas. Ou seja, a companhia tem o sinal verde de Rupert Murdoch e seus dois filhos, Lachlan e James, os principais acionistas e diretores da 21st Century Fox.

Para convencer os demais acionistas, que ainda devem aprovar, a Disney indica que a operação estará estruturada para que não tenham que pagar tributos sobre a parte que receberão em títulos.

Os ativos negociados são os do estúdio de cinema 21st Century Fox, o canal de televisão National Geographic, a participação da Fox no serviço de streaming Hulu, Sky plc e Tata Sky, entre outros.

A emissora paga Fox News, o Wall Street Journal e a agência de notícias DowJones, outras propriedades da família Murdoch, não fazem parte dos ativos à venda.

A batalha pelo controle da Fox simboliza a atual turbulência nos setores de mídia e telecomunicações pela busca dos principais grupos para crescer em tamanho para competir com gigantes tecnológicos como Google, Netflix ou Amazon, que são plataformas para produtores de streaming e conteúdo.

O Vale do Silício também tem uma clara vantagem: graças aos dados pessoais dos usuários armazenados em suas plataformas, está em contato direto com o público e sabe muito sobre seus gostos e hábitos, o que permite, por exemplo, adaptar o conteúdo que oferecem.

Dt/eb/jbg/lda/ll/gv/ll

Agência AFP


Compartilhe: