Jornal do Brasil

Domingo, 19 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Internacional

Corinthians atropela Dep. Lara e assegura vaga nas oitavas da Libertadores

Jornal do Brasil

Sob a batuta de Jadson, o Corinthians garantiu a classificação às oitavas de final da Libertadores, nesta quinta-feira, depois de golear o Deportivo Lara fora de casa por 7 a 2 pelo grupo 7 da competição.

O camisa 10 balançou as redes três vezes (10, 31 e 51 minutos), enquanto Sidcley (70), Romero (86) e Júnior Dutra (90+9 e 90+11) completaram a goleada que garantiu o Timão no mata-mata. Reyes (45) e Jesús Hernández (77) fizeram os gols do time da casa.

A partida foi disputada até os 58 minutos da segunda etapa, por conta de longa paralisação causada por objetos arremessados pela torcida venezuelana. No primeiro tempo, os espectadores acertaram o goleiro Curiel, enquanto Cássio foi alvo na volta do intervalo e o jogo quase foi encerrado antes do tempo.

A vitória deixa o time paulista na liderança com 10 pontos, seguido de Independiente (7), Deportivo Lara (6) e Millonarios (5).

Na próxima quinta, o Corinthians recebe a equipe colombiana no último jogo da fase de grupos, em busca de manter na primeira colocação da chave. Já o Deportivo Lara viaja para enfrentar o Independiente.

- Jadson brilha -

O Corinthians começou a partida se defendendo dos ataques da equipe venezuelana, que tentava buscar espaços mas não estava muito organizada. Cássio só fez a primeira defesa aos nove minutos, após chute de Reyes.

No lance seguinte, a equipe paulista encaixou contra-ataque veloz puxado por Pedrinho. O jovem atacante tocou para Jadson no lado direito e o camisa 10 acertou belo chute com a perna esquerda para abrir o placar, aos 10 minutos do primeiro tempo.

Com o domínio da partida, o Timão chegava com facilidade na área dos anfitriões. Aos 27, o árbitro marcou pênalti após Rodriguinho ser derrubado por Anzola. Jadson foi para a cobrança e tocou de chapa no lado direito, ampliando a vantagem corintiana aos 31.

A batida demorou a acontecer porque a torcida venezuelana atirou um objeto no campo, acertando a cabeça do arqueiro Curiel.

Antes do fim da primeira etapa, a equipe local chegou com perigo aos 38 e 39 minutos. Aos 45, o gol venezuelano saiu após bela troca de passes da equipe que terminou com chute forte de Reyes, acertando o alto do gol defendido por Cássio.

- Paralisações -

Logo após a volta do intervalo, o Corinthians voltou a ampliar a vantagem com mais um gol de Jadson, aos seis minutos. Após boa jogada pelo lado esquerdo, Sidcley fez cruzamento para achar o camisa 10 livre. Jadson bateu firme de primeira para fazer belo gol.

Pouco depois, Cássio foi alvo de objetos arremessados no campo. A partida ficou interrompida mais uma vez, assim como na primeira etapa, com os jogadores venezuelanos pedindo para a torcida parar. Foram 13 minutos de indefinição com o árbitro ameaçando encerar a partida.

Após o reinício do jogo, a primeira chance corintiana parou no fundo das redes com Sidcley. O lateral recebeu passe de Pedrinho e, dentro da área, só empurrou para marcar o quarto gol do Timão aos 25 minutos.

O Deportivo sentiu o baque mas conseguiu iniciar uma reação, aos 32, depois de chute errado de Reyes ser corrigido por Jesús Hernandez, que diminuiu o prejuízo do time da casa.

Mas aos 41 minutos o paraguaio Ángel Romero marcou um golaço, acertando voleio dentro da pequena área para acabar com as chances do Lara. O atacante recebeu cruzamento de Mantuan pelo lado direito e emendou de primeira entre os zagueiros.

Por conta da paralisação, a partida seguiu até os 58 minutos do segundo tempo. Júnior Dutra, que tinha entrado aos 41, teve tempo para deixar sua marca duas vezes, aos 54 e 56, e definir a goleada corintiana. O atacante fez seu primeiro gol tocando na saída do goleiro e depois aproveitou rebote do arqueiro para fechar o placar.

Agência AFP


Compartilhe: