Jornal do Brasil

Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Internacional

Dois palestinos feridos em protestos morrem e somam 40 desde março

Jornal do Brasil

Dois palestinos morreram devido aos ferimentos causados por disparos de soldados israelenses durante os protestos ao longo da fronteira na Faixa de Gaza com Israel, informou o ministério da Saúde do encrave.

Estas mortas elevam para 40 o número de paletinos mortos desde o começo, em 30 de março, do movimento de protesto chamado "Marcha do regresso", segundo contagem da AFP a partir de informações facilitadas pelas autoridades de saúde de Gaza.

A grande maioria morreu por disparos dos soldados localizados na barreira de segurança entre Israel e a Faixa de Gaza.

Alguns morreram nos bombardeiros de artilharia ou aviação israelense.

Milhares de palestinos na Faixa de Gaza protestam desde 30 de março reivindicando o direito de voltar às terras das quais foram expulsos depois da criação do Estado hebreu, em 1948.

Também denunciam o bloqueio imposto há mais de dez anos por Israel para conter o movimento islamita Hamas, que dirige o território e contra o qual travou três guerras desde 2008.

az-lal/nbz/gh/sgf/cn

Agência AFP


Compartilhe: