Jornal do Brasil

Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Internacional

Chefe da OTAN afirma que Portugal já pode aumentar gastos com defesa

Jornal do Brasil

Portugal deve aproveitar o crescimento econômico para gastar mais em defesa, opina o secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg.

"Portugal começou a aumentar o orçamento da defesa e vemos que, com o crescimento econômico registrado, há mais margem para o aumento dos gastos em defesa", disse Stoltenberg, adicionando que os aliados devem investir mais e melhor neste setor.

Neste contexto, o chefe da OTAN lembrou que no âmbito da cúpula da OTAN, realizada no País de Gales em 2014, os aliados prometeram destinar 2% do seu PIB a despesas militares da Aliança até 2024.

Por isso ele acredita que todos os países membros da Aliança Atlântica possam atingir o nível de investimento necessário. O mesmo está ligado com Portugal que atualmente direciona 1,32% do seu PIB neste setor.

"Depois de anos de queda, desde 2014 que assistimos ao crescimento no investimento em defesa por toda a Europa. Os planos nacionais demonstram que podemos esperar um crescimento ainda maior", sublinhou.

Ao mesmo tempo, ele afirmou que para este ano oito países membros da OTAN devem atingir o objetivo de 2%, e que até 2024 outros 15 países o farão.

Ao falar sobre o papel-chave que desempenha OTAN na área de defesa na Europa, Stoltenberg advertiu que esta se torna cada vez mesmo mais importante, especialmente após o Brexit.

Para estabelecer um equilíbrio, Jens Stoltenberg chega à conclusão que apesar do aumento em gastos com defesa, é também preciso "evitar novas barreiras dentro da OTAN".

>> Sputnik

Sputnik


Tags: conflito, defesa, europa, internacional, otan

Compartilhe: